Diário de São Paulo
Siga-nos
Crime

Pacto Brutal: em vídeo, Guilherme de Pádua decide pedir desculpas à Glória Perez: "Eu não perdoaria"

Após ter até mesmo afirmado que não era responsável pelo crime, o ex-ator muda de postura

Após ter até mesmo afirmado que não era responsável pelo crime, Guilherme muda postura novamente - Imagem: reprodução Youtube
Após ter até mesmo afirmado que não era responsável pelo crime, Guilherme muda postura novamente - Imagem: reprodução Youtube

Publicado em 03/08/2022, às 09h02 João Perossi


O pastor Guilherme de Pádua, responsável pelo assassinato da atriz Daniella Perez, veio a público em seu canal do Youtube para se desculpar pelo que fez.

Segundo Guilherme, a ideia de fazer um vídeo se desculpando de coração aberto veio após internautas, e até figuras públicas, declararem que duvidavam de sua conversão para o cristianismo após o assassinato de Daniella

De Pádua, que hoje é pastor, começa o vídeo explicando o motivo de sua conversão, e diz que ele "não é uma pessoa normal". O ator declara que sonhava com um reencontro com Glória Perez, mãe de Daniella, e o viúvo Raul Gazolla, mas que para ele pedir perdão não é uma questão simples.

"Será que ela vai querer, será que isso é forçar uma barra? Constranger uma pessoa que já está sofrendo para que ela decida se vai perdoar ou não?", declarou Guilherme. "Passa muita coisa na cabeça de quem cometeu um crime", o ator continuou.

Ao final do vídeo, Gulherme de Pádua, que passou sete anos preso, pede um perdão definitivo à Glória:

"Glória Perez, eu te peço perdão por todo sofrimento que eu te causei. Eu jamais me esqueci daquele encontro na carceragem, nunca esqueci". O ator pede perdão também à Raul Gazolla:

"Raul Gazolla, eu te peço perdão. Eu nunca esqueci do dia que eu fui chamado na delegacia. Você estava lá e se arrastou até mim, me abraçou chorando, e alí eu ví que eu era a pior pessoa do mundo. Nunca na minha vida eu senti algo igual eu senti naquele momento. Nunca", completa Guilherme.

O ator segue se desculpando para amigos e familiares que foram também vítimas do assassinato de Daniella Perez, mas admite que o objetivo do vídeo não é obter o perdão, porque se ele estivesse no lugar de vítima, "provavelmente não perdoaria".

"Muitas pessoas oram por vocês, muitas pessoas torcem para que vocês possam continuar sendo o exemplo, para que vocês possam continuar fazendo grandes coisas", o ex-ator finaliza no vídeo.

Compartilhe