Diário de São Paulo
Siga-nos
O REBANHO DE PÁDUA

Evangélicos assimilam Guilherme de Pádua com Jesus Cristo; confira

O ex-ator tem recebido o apoio dos fiéis de sua igreja após o lançamento do documentário Pacto Brutal

Evangélicos assimilam Guilherme de Pádua com Jesus Cristo - Imagem: Reprodução | Redes Sociais
Evangélicos assimilam Guilherme de Pádua com Jesus Cristo - Imagem: Reprodução | Redes Sociais

Publicado em 31/07/2022, às 16h56 Marina Roveda


Trinta anos após o assassinato da atriz Daniella Perez, filha de Glória Perez, o nome de Guilherme de Pádua voltou a ser centro de discussões devido ao lançamento de Pacto Brutal, pela HBO Max.
Pádua ficou menos de 7 anos na cadeia e hoje pastoreia uma igreja em Minas Gerais.
Desprezado por milhares de pessoas, o “religioso” conta com a ajuda de um “rebanho” evangélico para, milagrosamente, mudar a imagem do assassino confesso. Há até quem o compare a Jesus Cristo!

O crime ocorrido em 1992, foi fragmentado em cinco episódios na série documental. E, instantaneamente o escândalo voltou a ter uma repercussão estrondosa por muitos jovens que sequer eram nascidos na época do crime.

Guilherme tem investido em alguns vídeos nas suas redes sociais implantando um papel que nunca foi seu, o de vítima. O suposto pastor tem descredibilizado o documentário e alega estar abalado com os ataques virtuais que passou a receber.

Mesmo jurando ter sido convertido, o ex-ator até hoje não se preocupou em pedir perdão a Gloria Perez por ter sacrificado sua filha, que tinha 22 anos e já era apontada como a nova namoradinha do Brasil devido ao sucesso de seus trabalhos na novela.

O rebanho de Pádua o defendem e demonstram apoio ao assassino. No meio das defesas, encontramos frases do tipo: "Ele encontrou Jesus" ou "Ele já pagou por seus erros".

"Não é nada fácil voltar à vida normal. Você já pediu perdão a Deus e se arrependeu. Força e fé na sua caminhada", escreveu Alexandre da Silva Lemos. "Deus abençoe você e sua família! Que Ele possa continuar te curando! Porque Ele é poderoso pra completar a boa obra que Ele começou em você", defendeu Priscila Melo.

Naira Rodrigues foi ainda mais longe e comparou o criminoso a Jesus Cristo: "As pessoas nunca vão entender o que é perdão. Vejo ainda aquela multidão crucificando pessoas e isso nunca acabou, quando Jesus foi pra cruz tinha uma multidão de pessoas acusando. Eu ainda acredito em pessoas e na transformação de vidas em Cristo Jesus. Seja forte!"

"Deus te justifica diante seus acusadores, você é a pessoa mais justa, sensata, honesta, cheia de amor e piedade que já conheci", declarou Maury Faria. "Parem de julgar! Em nenhum momento ele quer se esquivar do que fez, mas ele já pagou! A vida transformada é o reflexo de Deus na vida de uma pessoa. Deus seja louvado pela sua vida, Guilherme!", defendeu Maristela Magno.

Compartilhe