Diário de São Paulo
Siga-nos
Incêndio

Kombi pega fogo em posto de combustível e assusta moradores; veja como tudo aconteceu

O veículo foi consumido pelo incêndio que danificou partes do posto

Kombi pega fogo em posto de combustível em Londrina e assusta moradores - Imagem: reprodução ricmais.com.br
Kombi pega fogo em posto de combustível em Londrina e assusta moradores - Imagem: reprodução ricmais.com.br

Publicado em 25/07/2022, às 18h32 Vitória Tedeschi


Na tarde desta segunda-feira (25), um grave incêndio foi registrado em um posto de combustível em Londrina. Na ocasião, uma Kombi começou a pegar fogo dentro do estabelecimento conhecido como ‘Posto da Curva’, que fica no cruzamento da Avenida Rio Branco com a Avenida Tiradentes, região central da cidade.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 14h para conter as chamas, que chegaram a atingir uma das bombas e até o teto do estabelecimento. Parte do forro de PVC do posto derreteu, e a bomba foi danificada.

A tentiva de conter as chamas foi feita inicialmente por funcionários do posto com extintores portáteis. As equipes dos bombeiros chegaram logo depois no caminhão para finalizar o serviço.

Parte da avenida foi bloqueada para o atendimento da ocorrência. Apesar do susto, ninguém ficou ferido. A possibilidade de uma explosão também foi afastada assim que as chamas foram extintas.

Em entrevista ao 24H News, Marli Timóteo, responsável pela empresa que contratou a Kombi para prestar serviços ela relatou que o incêndio teve início depois que suas representantes completaram o tanque do veículo.

"No momento em que ela deu a partida, começou a pegar fogo. Mas graças a Deus ninguém ficou ferido. Elas só ficaram muito assustadas", afirmou Marli.

A empresária Priscila Liao, proprietária do posto, também falou com o mesmo veículo e lamentou o episódio e reforçou que todos os protocolos de segurança foram seguidos. A empresária explicou ainda que a estrutura do posto é preparada para esse tipo de incidente.

"O teto de PVC cumpriu seu papel de não deixar o fogo se alastrar. A bomba também foi danificada, mas funcionou como deveria, evitando que o fogo atingisse os tanques de combustíveis. Se não estivesse dentro de todos os padrões de segurança, poderia ter sido pior", afirmou ela.

As causas do incêndio ainda serão apuradas, mas a principal suspeita é de uma pane mecânica no veículo. Por conta do ocorrido, o posto precisou suspender o serviço de abastecimento por tempo indeterminado. Somente a loja de conveniência continuava funcionando durante a tarde desta segunda-feira.

Compartilhe