Diário de São Paulo
Siga-nos
Trabalho dos sonhos?

Empresa norte-americana oferece até R$400 mil por ano para "testador de doces"

Para a vaga a empresa oferece cerca de 3,5 mil doces por mês

A vaga, que só está disponível para moradores dos EUA e do Canadá, oferece 3,5 mil doces por mês - Imagem: Pixabay
A vaga, que só está disponível para moradores dos EUA e do Canadá, oferece 3,5 mil doces por mês - Imagem: Pixabay

Publicado em 03/08/2022, às 13h38 João Perossi


Seria um sonho ou um pesadelo? Uma empresa canadense está oferecendo 100 mil dólares canadenses por ano, cerca de R$400 mil, para quem se dispor a ser "testador" de doces.

A empresa, Candy FunHouse, abriu uma vaga para 'chief candy officer' (algo como diretor chefe de doces), e para se candidatar não é preciso experiência, apenas "papilas gustativas de ouro" e nenhuma restrição alimentar.

O funcionário será responsável por ter ideias criativas para novos produtos e também por aprovar ou reprovar algumas das gulosemas da empresa, mas o trabalho é duro: o diretor terá de provar mais de 3,5 mil doces por mês, o que segundo a empresa poderá ser feito em regime home office, mas para isso o funcionário deve morar em New Jersey, EUA, ou em Toronto, no Canadá.

E a concorrência é apertada! Segundo o diretor executivo da fabricante de doces, Jamal Hejazi, milhares de pessoas já enviaram o CV, incluindo famílias inteiras que estão dispostas a dividir o árduo trabalho.

Além dos 100 mil dólares canadenses anuais, praticamente 400 mil reais, o novo "chief candy officer" também terá direito a um plano odontológido completo e de ponta. Será preciso né?

Compartilhe