Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Colunistas

Uma história de crime e suspense para entender a influência dos anos 1960

Publicado

em

Uma história de crime e suspense para entender a influência dos anos 1960

Por Reinaldo Polito

Uma história de crime e suspense para entender a influência dos anos 1960

 

Eu vivi os anos 1960. Está certo que era um garotão. Talvez, por isso, naquele momento não tivesse noção de que os acontecimentos da época poderiam provocar tantas transformações no futuro do Brasil.

Foram os anos dos grandes festivais, que projetaram Chico Buarque, Caetano Veloso, Elis Regina, Gilberto Gil, Edu Lobo, entre outros. Nomes que atravessaram as décadas e continuam fazendo sucesso.

Foi também naquela oportunidade que eclodiu o movimento militar, que durante 20 anos comandou os destinos do país. O Brasil acabara de conquistar o tricampeonato mundial de futebol, em 1958, 1962 e 1970. Tínhamos Pelé e Garrincha. O mundo reverenciava nossa competência futebolística.

Começava também o período de industrialização no campo, proporcionando aumento crescente da produtividade. Esse desenvolvimento nos levou aos primeiros postos entre os maiores produtores agrícolas do planeta.

A vida era simples. As pessoas se divertiam passeando na praça e assistindo às apresentações do circo que, com certa frequência, chegava e saía. Todos se conheciam e viviam como se pertencessem a uma grande família. Colocavam as cadeiras na calçada e trocavam os doces e salgados que costumavam fazer.

As crianças se dedicavam às brincadeiras inocentes. Todos os dias empinavam papagaios, rodavam piões, batiam figurinhas e, como não podia deixar de ser, jogavam futebol. Praticamente todas, sem exceção, andavam descalças, vestindo um calção e não se preocupavam muito com as camisas. Nadavam no rio e usavam as varas de bambu para pescar. Era uma vida despreocupada. Não se ganhava muito, mas também não compravam nada além do que precisavam para atender às suas necessidades básicas.

Dentro dessa tranquilidade, a população tinha os sonhos, as esperanças e as incertezas de quem via com olhos distantes as conquistas tecnológicas na Europa e, principalmente, nos Estados Unidos. Havia, entretanto, empreendedores pioneiros que acreditavam no crescimento do país. Pessoas determinadas que enxergavam além das nossas fronteiras e não mediram esforços para realizar suas aspirações. Sem dúvida, essa é uma história que precisa ser conhecida, estudada e homenageada.

O tema em si já é fascinante. As gerações que vivenciaram essa época guardam até com saudade todos os acontecimentos que envolveram a sociedade brasileira. Os que vieram depois nutrem muita curiosidade para conhecer os fatos que nos trouxeram até os dias de hoje.

Marlene Theodoro conseguiu unir o útil ao agradável. No seu livro “O enigma de Sofia”, ela usa todos esses acontecimentos fazendo uma harmonia perfeita entre a ficção e a realidade.  A trama do seu romance permeia esses momentos como fio condutor para uma história vibrante e repleta de surpresas. Ela nos brinda com uma obra fascinante pelo precioso enredo e que se torna também indispensável para quem deseja saber mais sobe o Brasil daqueles tempos.

Para não truncar a narrativa e, ao mesmo tempo, permitir perfeito entendimento da imigração e aspectos histórico-culturais da época a autora lança mão de mais de 100 notas de rodapé. Veja aqui uma pincelada do que irá encontrar.

A paz de um pacato vilarejo é quebrada por uma série de assassinatos. Alguns habitantes acima de qualquer suspeita passam a ser olhados com desconfiança por Valadares, um astuto delegado que usa conceitos da filosofia para desvendar cada um dos intrincados mistérios da cidade. Nada escapa à sua percepção aguçada. A narrativa de “O enigma de Sofia”, temperada com sutis pitadas de humor, tem como pano de fundo as profundas transformações econômicas e sociais dos anos 1960 e acompanha as consequências dessas mudanças nos dias atuais. Esta é uma história sensível, que descreve com profundidade as características marcantes de cada uma de suas personagens e desenvolve, entre elas, sentimentos de amor, amizade, solidariedade, inveja, vingança e cobiça. Cada capítulo se reveste de enredos instigantes, capazes de criar expectativas e tirar o fôlego do leitor até que se descubra: afinal, o que aconteceu com Sofia?

Como dizia uma propaganda que marcou época: não dá para não ler. Siga pelo Instagram: @polito

Uma história de crime e suspense para entender a influência dos anos 1960

Livro: O enigma de Sofia

Autora: Marlene Theodoro Polito

Editora Novo Século

336 páginas

mais lidas