Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Colunistas

Que tal pensar na Educação?

Publicado

em

kleber carrilho

Por Kleber Carrilho

Que tal pensar na Educação?

 

Na semana do Dia das Crianças e do Dia dos Professores, fiquei procurando, nas redes dos principais políticos, alguma menção estratégica sobre Educação. Olhei ainda com maior atenção para aqueles que estão tentando viabilizar seus nomes para a Presidência em 2022.

O que encontrei foi alguma coisa óbvia cumprimentando as crianças pelo seu dia, falando de forma geral sobre futuro, além dos parabéns aos professores seguidos de frases de efeito.

Não vi nenhum debate importante sobre investimentos na educação, na cultura ou para pesquisas. Pelo contrário, foi nesta semana que apareceu a informação de que mais de 90% das verbas para pesquisa e desenvolvimento científico serão cortadas pelo atual governo.

Foram, porém, dias divertidos, com brigas entre um presidenciável e uma ex-presidente, com a afirmação de que o atual presidente prefere não se vacinar e com muitas fotos bonitas nos feeds e nos stories.

Isso nos lembra que educação realmente não é tema importante para ganhar qualquer disputa eleitoral. Nas últimas eleições para a Presidência, poucas vezes o assunto foi tratado, mesmo com um professor no segundo turno. Quando olhamos para a discussão municipal, onde ocorre a gestão da Educação Infantil e do Ensino Fundamental, também notamos que prefeitos e vereadores, em seus ambientes de comunicação, pouco vão além de cumprimentar crianças e professores.

Pode ser que você esteja aí pensando que sou mal informado, que o seu político preferido tem, sim, inúmeras boas ideias sobre educação, além de ter feito uma live sobre o tema. É claro que isso é possível, afinal não consegui ver o que todo o mundo fez. Mas uma coisa é clara: se alguns dos líderes políticos importantes tivessem feito uma conversa, um debate sobre o tema e as políticas públicas necessárias para os próximos anos, todos teríamos ficado sabendo.

Então, o que podemos fazer? Resta-nos pressionar e decidir que quem deixa de lado a educação não merece o nosso voto. Mesmo que se tenha ideias fantásticas sobre desenvolvimento econômico, infraestrutura ou qualquer outra área, tudo isso só se realiza com educação. E, se ela é esquecida, todo o resto deixa de ser verdade.

 

________________

*Kleber Carrilho é professor, analista político e doutor em Comunicação Social

Instagram: @KleberCarrilho
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mais lidas