Diário de São Paulo
Siga-nos
APURAÇÃO

Caso Bárbara: suspeito do crime fez um serviço na casa da família dois dias antes da menina ser morta

Mesmo com morte do suspeito, investigação sobre Bárbara Victória continua. Corpo foi encontrado em matagal em BH

A garota foi atacada ao comprar pão - Imagem:arquivo pessoal
A garota foi atacada ao comprar pão - Imagem:arquivo pessoal

Publicado em 05/08/2022, às 20h00 Jair Viana


O eletricista Paulo Sérgio de Oliveira, 50 anos, suspeito pela morte da pequena Bárbara Victória Vitalino Rodrigues, 10 anos foi encontrado morto na tarde desta quarta-feira (3), em uma casa no bairro Cachoeirinha, na Região Nordeste de Belo Horizointe. Há suspeitas de suicídio. A Polícia investiga. Bárbara desapareceu no domingo (31).

Dois dias antes de Bárbara desaparecer e ser encontrada morta, Paulo esteve na casa da família para fazer um serviço de troca de fiação elétrica e entrou em contato com a criança. O suspeito também era vizinho da família. 

Após encontrarem o corpo da menina, Paulo foi detido, chegou a ser levado à delegacia na última segunda-feira (1º) após a Polícia Militar encontrar, em sua casa, a embalagem de pão igual a que Bárbara estava levando para sua casa. Ele foi liberado, pois a polícia não tinha provas para mantê-lo preso.

De acordo com o boletim de ocorrência da PM, Paulo negou conhecer Bárbara Victória e disse que não era ele quem aparecia nas imagens das câmeras de segurança. Depois, confirmou que aparecia no vídeo e que conhecia Bárbara, mas que não tinha feito nada com ela.

Para o delegado Saulo Castro, porta-voz da Polícia Civil, não é possível determinar a causa da morte de Paulo Sérgio, mas deixou claro que "há indícios de possível suicídio". Ele disse que as investigações sobre o crime contra a menina continuam.

"Por enquanto, não é possível determinar a causa da morte [do suspeito]. Há indícios de possível suicídio. A Polícia Civil de Minas Gerais esclarece que as investigações relativas ao homicídio da criança seguem paralelamente", disse o porta-voz.

Compartilhe