Diário de São Paulo
Siga-nos
Crime

Família pede a prisão de homem que matou uma enfermeira

Durante enterrro de enfermeira, família desabafa com pedido para a prisão do homem que confessou ter matado a mulher

Família pede a prisão de homem que matou uma enfermeira - Imagem: Freepik.com
Família pede a prisão de homem que matou uma enfermeira - Imagem: Freepik.com

Renata Silva Publicado em 17/11/2022, às 21h28


Nesta semana, a família da enfermeira Rita de Kássia fez uma declaração para pedir a prisão do homem que confessou ter executado o crime. A família está revoltada com a morte da jovem, que foi encontrada morta com as mãos e os pés amarrados em uma casa.

“Prisão para o Iago, réu confesso. É isso que a gente vem pedir às autoridades”, informaram à Record TV.

O homem suspeito namorava com Rita há cerca de dois meses e teria confessado o crime. Ela vista com vida pela última vez ao entrar no carro dele na noite de domingo, 13.

Apesar de ter confessado o crime, segundo a polícia, Iago não foi preso, porque não houve flagrante. Além disso, informou que ''outras diligências seguem, porém não podem ser detalhadas, no momento, para não prejudicar o êxito da investigação''.

O caso é investigado pela Divisão de Homicídios.

Compartilhe  

Tags Prisão

últimas notícias