Diário de São Paulo
Siga-nos
Chocante

Vídeo mostra piloto novato fazendo pouso de emergência em estrada nos EUA; assista

Apesar da habilidade, Vicent Fraser tem apenas 100 horas de experiência de voo

Piloto gravou o momento do pouso de emergência em estrada - Imagem: reprodução/Vincent Fraser
Piloto gravou o momento do pouso de emergência em estrada - Imagem: reprodução/Vincent Fraser

Publicado em 13/07/2022, às 18h26 Mateus Omena


Um piloto se deparou com um momento de provação ao realizar um pouso de emergência em uma estrada na Carolina do Norte, nos Estados Unidos.

O episódio aconteceu em 3 de julho e a aterrissagem foi gravada pelo homem e compartilhada nas redes sociais.

Segundo a imprensa local, o piloto Vincent Fraser realizava um exercício de voo na região quando percebeu uma falha no motor, que fez com que o avião perdesse altitude. Então, ele começou a buscar por soluções para um pouso de emergência.

No vídeo, Fraser aparece tentando manter o controle da altitude e da velocidade da aeronave. Com esforço, ele consegue se desviar das linhas de transmissão e sobrevoa a estrada para encontrar um espaço entre os carros para fazer o pouso.

Em entrevista ao canal americano Fox News, o piloto detalhou a cena: “Olhei para a esquerda e, antes, eu não conseguia ver nada porque eram só montanhas e árvores, mas tinha uma estrada”.

Fraser estava acompanhado do sogro no voo. Os dois não ficaram feridos.

De acordo com informações do jornal “Today”, Vincent Fraser é veterano do exército americano, no entanto, sua trajetória na aviação começou recentemente. Ele adquiriu a licença para pilotar há poucos meses e tinha em torno de 100 horas de experiência de voo.

O xerife Curtis Cochran, do condado de Swain, na Carolina do Norte, disse que Fraser foi muito prudente na maneira como lidou com o problema e fez um trabalho incrível.

“Se você olhar com atenção pode ver as linhas de transmissão que ele conseguiu desviar”, explicou. “Poderia ter sido catastrófico.”

Ao conversar com a CNN, o jovem piloto acrescentou que, após o pouco, um mecânico fez uma inspeção no avião. Depois ele foi rebocado para outra área da montanha, de onde levantou voo novamente após 3 dias. Dessa vez sem nenhum problema.

Compartilhe