Siga nossa Redes

Bauru

CPI da carne estragada de Marília vê atos de improbidade do prefeito e ex-secretário

Dia a Dia

Publicado

em

CPI da carne estragada de Marília vê atos de improbidade do prefeito e ex-secretário

Esta foi a conclusão do relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito que foi lido na sessão desta segunda (27) na Câmara de Vereadores. Documento será enviado ao MP e ao TCE.

O relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) criada na Câmara de Vereadores de Marília (SP) para investigar os motivos de sete toneladas de carne terem estragado na cozinha-piloto do município, concluiu que o prefeito Daniel Alonso (PSDB) e o ex-secretário da Educação, Beto Cavalari, cometeram atos que podem ser enquadrados como improbidade administrativa.

O documento, com 24 páginas, foi lido no início da sessão desta segunda-feira (27). A investigação, que começou com a abertura de sindicância pela prefeitura e depois com a aprovação da CPI, durou quase sete meses.

Em nota, Beto Cavalari disse que ainda não teve acesso ao relatório final, mas destacou que o problema na cozinha-piloto aconteceu uma semana depois de ele deixar a pasta. O prefeito Daniel Alonso não foi encontrado para comentar o caso.

Em junho, Daniel Alonso prestou depoimento à CPI e rebateu a acusação de Cavalari de que a decisão de descongelar, moer e recongelar a carne foi tomada em uma reunião com o prefeito e secretários municipais.

A conclusão do relatório da CPI de que o prefeito e o ex-secretário cometeram atos que podem ser enquadrados como improbidade administrativa baseou-se no fato de que a carne da merenda que estragou provocou prejuízo de R$ 160 mil aos cofres públicos.

O relatório ainda sugere que os envolvidos descumpriram o que estabelece o Regimento Técnico de Boas Práticas para os Serviços de Alimentação. De acordo com a investigação, houve irregularidades no manuseio da carne.

O documento final da CPI vai ser encaminhado agora ao Ministério Público (MP) e ao Tribunal de Contas do Estado (TCE).

CPI investiga os motivos que causaram o descarte de sete toneladas de alimento da merenda escolar (Foto: TV TEM / Reprodução )

CPI investiga os motivos que causaram o descarte de sete toneladas de alimento da merenda escolar (Foto: TV TEM / Reprodução )

mais lidas