Diário de São Paulo
Siga-nos

Vídeo: Arthur do Val e Boca Aberta brigam nas ruas de Londrina e confusão é toda gravada

Imagem Vídeo: Arthur do Val e Boca Aberta brigam nas ruas de Londrina e confusão é toda gravada

Publicado em 30/06/2022, às 00h00 - Atualizado às 16h41 Redação


Na última quarta-feira (29) os também conhecidos como Mamãe Falei (União Brasil – SP) e Emerson Miguel Petriv (PROS-PR), ex-deputados, se desentenderam e apareceram em vídeo de confusão durante manifestações do Movimento Brasil Livre (MBL), em Londrina (PR).

“Vem aqui, vagabundo. Aqui não. Vem cá. Você vem de São Paulo, você merece levar um tapa na cara. Foi estuprar ucraniana, vagabundo. Está aqui, estuprador, vagabundo cassado. Chama a polícia. Eles estão aqui. Dá na cara dele. Vagabundo, estuprador”, gritava Boca Aberta em um microfone enquanto agredia Mamãe Falei.

Petriv também chamou o MBL de “Movimento Bosta Livre”, e Do Val de “Mamãe Caguei”. Os integrantes do Movimento Brasil Livre riram da situação até que Boca Aberta derrubou o celular de um deles – a partir desse momento a confusão generalizada se inicia.

Em meio às agressões, Arthur do Val dizia “sem violência” e estava com as mãos para o alto. A cena foi publicada nas redes sociais. Confira vídeo: 

Arthur do Val disse que foi até Londrina questionar o filho de Petriv, ex-deputado estadual pelo Paraná, por gastos abusivos do gabinete.

Ele ainda disse que a família de Boca Aberta é hipócrita, e que o ex-deputado federal é “um típico populistão” e criticou um projeto de Lei apresentado por ele, que propõe que carros alugados com dinheiro público tenham um adesivo informando a condição.

No entanto, Do Val afirmou que Boca Aberta Jr, seu filho, aluga um veículo por R$ 8 mil por mês e já gastou mais de R$ 390 mil com isso. 

Petriv foi cassado e perdeu o mandato no ano passado por ter uma condenação criminal que o deixava inelegível. E Arthur do Val, teve o mandato cassado em maio deste ano e perdeu os direitos políticos por oito anos. 

Mamãe Falei disse nas redes sociais que registrou boletim de ocorrência contra o ex-deputado Emerson Petriv, que também afirmou ter feito um B.O contra do Val.

Compartilhe