Diário de São Paulo
Siga-nos
Senado

Pacheco elogia Lula e diz que movimentos antidemocrático: “não estão mortos”

O presidente do Senado citou o 8 de janeiro e a tentativa de golpe na Bolívia

O presidente do Senado citou o 8 de janeiro e a tentativa de golpe na Bolívia - Imagem: Reprodução / LeoBark / SECOM / MPF
O presidente do Senado citou o 8 de janeiro e a tentativa de golpe na Bolívia - Imagem: Reprodução / LeoBark / SECOM / MPF

Gabriela Thier Publicado em 28/06/2024, às 16h11


O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG) , citou a tentativa de golpe na Bolívia e os atos antidemocráticos do 8 de janeiro em seu discurso durante um evento nesta sexta-feira (28), em que foram anunciados investimentos para Minas Gerais.

"Há dois anos tivemos problema de atentado à democracia. Na Bolívia essa semana tivemos violação democrática em um país. Portanto, esse monstro não está morto. Nós precisamos constantemente trabalhar em defesa da democracia", afirmou Pacheco.

O presidente do Senado também trocou elogios com Luiz Inácio Lula da Silva (PT), se referindo ao presidente como “político que preza pela democracia”. Lula respondeu em entrevista à rádio O Tempo esta manhã, se referindo a Pacheco como “a figura política mais importante de Minas Gerais”.

Compartilhe  

últimas notícias