Diário de São Paulo
Siga-nos

Em vídeo, repórter é ameaçada ao vivo com arma de fogo e desce morro às pressas

Daniela Carla, da TV Gazeta, foi ameaçada enquanto noticiava um tiroteio em Vitória, ES

Câmeraman consegue gravar o agressor antes de fugir - imagem: Instagram @eudanielacarla
Câmeraman consegue gravar o agressor antes de fugir - imagem: Instagram @eudanielacarla

Publicado em 21/07/2022, às 11h16 João Perossi


Na manhã dessa quarta-feira (20) uma repórter da TV Gazeta, que é afiliada da Globo no Espírito Santo, foi ameaçada ao vivo enquanto noticiava um tiroteio que havia acontecido na noite passada no Morro do Cabral, comunidade de Vitória, ES.

No vídeo, Daniela Carla contava sobre o armamento pesado que os criminosos utilizavam quando um jovem, ainda não identificado, a ameaça com uma arma, dizendo para a equipe se afastar.

Na filmagem é possível perceber que o jovem, de camisa azul, guarda na cintura a pistola e sai andando calmamente após o ocorrido. Daniela já havia sido avisada por outro comparsa para que "metesse o pé" antes da ameaça. 

No instagram, após a repercussão do episódio, a repórter desabafou sobre seu papel e cobrou as autoridades locais: 

"Contar histórias é o trabalho primordial de um repórter ! É pra isso que eu tava numa escadaria do Morro do Cabral hoje cedo. Pra contar como foram as mais de seis horas de tiroteio que moradores inocentes foram obrigados a suportar!" escreveu em seu Instagram.

"Que a polícia coloque os bandidos atrás das grades e que prefeitura e governo coloquem em prática projetos que impeçam que noites e madrugadas como essa voltem a acontecer", declarou, se referindo ao tiroteio que noticiava.

Confira a postagem de Daniela e o momento tenso:

Compartilhe