Diário de São Paulo
Siga-nos

Guarda civil de Itu é sequestrado e torturado por quase dez horas em Votorantim

Vítima alegou á Polícia Militar que foi mantida em cativeiro em um bairro na região da comunidade ‘Palmeirinha’, em Votorantim.

Guarda Civil Municipal - Reprodução Grupo Bom Dia
Guarda Civil Municipal - Reprodução Grupo Bom Dia

Publicado em 17/07/2022, às 12h47 G1


Um guarda civil de Itu (SP) foi resgatado após ser sequestrado e torturado na região da comunidade “Palmeirinha”, em Votorantim (SP), na tarde de sábado (16).

De acordo com a Polícia Militar, uma equipe estava em patrulhamento pela Avenida Anália Pereira, quando foi informada de que um homem foi sequestrado.

Viaturas da Força Tática fizeram o cerco na região e encontraram o guarda civil sendo arrastado com as mãos amarradas por dois homens. Quando os suspeitos avistaram a equipe, os dois fugiram.

O guarda foi regatado e indicou o local onde teria sido mantido refém por quase dez horas. No lugar foram encontrados o colete à prova de balas, a carteira da vítima e documentos. O celular do guarda civil não foi achado pela PM.

A vítima relatou à equipe que teria sido torturada fisicamente e psicologicamente por pelo menos seis pessoas. Ele foi levado para o Pronto Atendimento da cidade, onde recebeu atendimento médico.

O caso foi registrado como sequestro e roubo de veículo do Plantão Policial de Votorantim. Nenhum suspeito foi preso até a última atualização desta reportagem. O carro da vítima foi encontrado em uma área de mata do Parque São João, posteriormente.

g1 entrou em contato com a Prefeitura de Itu, mas não obteve retorno até o momento.

Compartilhe