Diário de São Paulo
Siga-nos
Cárcere privado

Filho é acusado de manter mãe idosa em cárcere privado; estado da vítima é triste

O caso aconteceu em Itanhaém - Litoral de São Paulo

Residência em que idosa foi encontrada em Itanhaém, SP - Imagem: reprodução Polícia Civil de São Paulo
Residência em que idosa foi encontrada em Itanhaém, SP - Imagem: reprodução Polícia Civil de São Paulo

Publicado em 04/08/2022, às 16h57 Vitória Tedeschi


Na última terça-feira (2), um homem de 51 anos foi preso como principal suspeito de maus-tratos e de manter a própria mãe, de 70 anos, em cárcere privado, em Itanhaém, no litoral de São Paulo. A situação em que a vítima foi encontrada é triste. 

A prisão do homem foi realizada por policiais do 3º Distrito Policial de Itanhaém, no Jardim Loty, que encontraram a senhora deitada em uma cama com sinais de desnutrição, em condições precárias e sem as mínimas condições de higiene.

Ao chegarem até a residência, policiais civis foram recebidos pelo suspeito,que abriu a porta e autorizou a entrada dos agentes.

Imagens tiradas pelos policiais no momento do resgate mostram a idosa imóvel sobre a cama, com um balde ao seu lado, onde ela costumava fazer suas necessidades.

Eles também se depararam com uma grande quantidade de lixo e louças sujas acumulados na cozinha e muita sujeira no banheiro da residência, que não tinha nenhuma estrutura, sem móveis e com apenas um fogão, enferrujado, como eletrodoméstico.

Veja:

carcere-privado-litoral
Residência em que idosa foi encontrada em Itanhaém, SP / Imagem: reprodução Polícia Civil de São Paulo

A investigação inicial apurou que o filho da idosa, que "convive" com a vítima, é alcoólatra e costumava sair para bares, deixando a mãe sozinha.

Por esses motivos, ele foi autuado em flagrante por maus-tratos e cárcere privado.O nome do suspeito não foi divulgado, tornando impossível buscar a defesa do investigado.

Compartilhe