Diário de São Paulo
Siga-nos
Crime

Brasileira tira a vida do marido e se entrega às autoridades italianas de Verona

Assassinato ocorreu entre a noite de terça e a madrugada de quarta

Mulher alega ser vítima de violência doméstica - imagem: Freepik
Mulher alega ser vítima de violência doméstica - imagem: Freepik

Publicado em 20/07/2022, às 18h17 Fernanda Viana


A brasileira Edlaine Ferreira, de 36 anos, matou seu marido Francesco Vetrioli, 37 anos, a facadas nesta quarta-feira (20) na Itália. Após o ato, Edlaine se entregou à polícia de Bussolengo, na província de Verona.

"Por volta das 13h, foi tocada a campainha da nossa polícia local e a mulher ali contou que tinha matado o marido. Ela estava muito agitada", disse o vice-prefeito de Bussolengo, Giovanni Amantia, à ANSA.

O político afirmou ainda que o comandante local "a recebeu e pediu que confirmasse a história". "Então, ela os acompanhou até a sua casa, e os agentes confirmaram o que ocorreu", explicou ainda.

Segundo o relato da mulher, ela matou o marido - a quem era casada desde abril deste ano - com uma facada no coração na madrugada desta quarta-feira (20) e resolveu se entregar aos policiais logo em seguida.

Edlaine ainda contou ser vítima de violência doméstica e relatou que o marido a "traía frequentemente", mas vizinhos contaram aos policiais que Ferreira morava ali há pouco tempo, porém nunca ouviram brigas ou qualquer tipo de anormalidade na casa.

Agora, a investigação será realizada pelo procurador Claudio Boranga, em operação que conta com os carabineiros de Verona e também de Bussolengo. (ANSA).

Compartilhe