Diário de São Paulo
Siga-nos
Abuso

Ricky Martin é acusado de abusar do sobrinho e cantor se posiciona

No início deste mês, o artista já tinha sido alvo de ordem restrição por violência doméstica

De acordo com a advogado do artista as acusações são falsas - Imagem: reprodução Instagram @rickymartin
De acordo com a advogado do artista as acusações são falsas - Imagem: reprodução Instagram @rickymartin

Publicado em 16/07/2022, às 14h35 Jessica Anjos


O artista Ricky Martin foi denunciado pelo sobrinho de violência doméstica e abuso. De acordo com a lei de Porto Rico, incesto é um crime grave e pode levar até 50 anos de prisão. Uma audiência para o julgamento do caso foi marcada para o final de julho. 

Segundo o advogado do artista, as acusações são falsas. "Ricky Martin não está, nunca esteve e nunca estará, envolvido em qualquer tipo de relacionamento romântico ou sexual com o sobrinho dele", afirmou o profissional em entrevista ao portal americano Vulture, da New York Magazine. 

"Essa ideia não é apenas mentira, é asquerosa", destacou o advogado dizendo que o sobrinho sofre de problemas mentais. 

No início do mês de julho, o cantor foi alvo de uma restrição emitida por uma juíza porto-riquenha pautada na lei de violência doméstica. Na ocasião, não sabiam que se tratava de Ricky Martin, já que no país a legislação permite anonimato às vítimas. 

'El Vocero', um jornal de Porto Rico, afirmou que na ordem de restrição dizia que Martin e a suposta vítima "tinham um relacionamento há sete meses. Eles se separaram há dois meses, mas Martin não aceita a separação. Ele liga para ele com frequência". 

No perfil do Twitter, Ricky Martin se defendeu dizendo que as alegações de violência doméstica eram falsas, mas responderá o processo judicialmente. 

ricky-martin-violencia-domestica
O cantor se defendeu das alegações em um post no Twitter / Imagem: reprodução Twitter @rickymartin

Mais tarde, a identidade do rapaz que fez a denúncia contra o cantor foi revelada pelo site Marca: Dennis Yadiel Sanchez, sobrinho do artista que tem 21 anos.

Eric Martin, irmão de Ricky Martin, saiu em defesa dele em um vídeo nas redes sociais. Ele não acredita que o cantor seja capaz de fazer o que foi dito na denúncia. Sem mencionar o nome do menino, ele afirmou que o sobrinho está afastado da família e tem problemas mentais. "Vocie sabe como nós te amamos, você sabe como se afastou de nós e você sabe dos problemas mentais que tem", disse Eric na gravação. 

Ele ainda criticou a postura da Justiça de Porto Rico dizendo que nunca ajudaram o menino a se tratar. "O sistema governamental não está feito para reabilitar as pessoas", defendeu.  

A imprensa porto-riquenha afirmou que na ordem de restrição consta que quando Sanchez tentou terminar o suposto relacionamento com o tio, Ricky Martin não aceitou e teria sido visto rondando a casa do rapaz. Além disso, Sanchez afirmou que o tio cometeu abusos físicos e psicológicos contra ele durante o relacionamento. 

A audiência do caso está marcada para o dia 21 de julho. Segundo o portal espanhol Marca, se o relacionamento e os crimes alegados forem provados, o cantor poderia receber uma sentença de até 50 anos de prisão.

Compartilhe