Diário de São Paulo
Siga-nos
Cinema

Chris Rock ironiza pedido de desculpas de Will Smith: 'Quem diz que palavras machucam nunca levou um soco'

O comediante comparou o rival a Suge Knight, em sua condenação à prisão em 2018

Cena do tapa de Will Smith em Chris Rock durante cerimônia do Oscar 2022 - Imagem: Reprodução/YouTube
Cena do tapa de Will Smith em Chris Rock durante cerimônia do Oscar 2022 - Imagem: Reprodução/YouTube

Publicado em 01/08/2022, às 15h52 Mateus Omena


O ator e humorista Chris Rock, 57 anos, rebateu o ator Will Smith, 53, devido à agressão cometida por este durante a cerimônia do Oscar 2022, que ocorreu em março.

Segundo a revista People, Chris Rock fez uma declaração sobre o incidente em um show na cidade de Atlanta, na última sexta-feira (29).

Ele comparou Will Smith ao ex-magnata do rap Suge Knight, condenado em 2018 a 28 anos de prisão por atropelar e matar dois homens. Para o comediante, o vencedor do Oscar de melhor ator por “King Richard” está apenas se fazendo de vítima diante do episódio.

"Todo mundo está tentando ser uma vítima. Se todos alegarem ser vítimas, ninguém ouvirá as verdadeiras vítimas. Até eu sendo espancado por 'Suge' Smith, fui trabalhar no dia seguinte, tive filhos. Qualquer um que diga que as palavras machucam nunca levou um soco na cara", ironizou.

A declaração de Rock foi feita no mesmo dia em que Will Smith divulgou em seu canal no YouTube um vídeo no qual pedia desculpas publicamente pela agressão contra o comediante no meio da cerimônia do Oscar.

"Desapontar pessoas é meu maior trauma. Eu odeio quando decepciono as pessoas. Então me dói emocional e psicologicamente por saber que não me portei de acordo com a imagem que as pessoas tinham de mim. O trabalho que estou tentando fazer é... tenho um profundo remorso e estou tentando ter remorso sem ter vergonha de mim mesmo. Sou humano e cometi um erro e estou tentando não pensar em mim como um pedaço de m*rda. Eu sei que foi confuso e chocante, mas prometo que estou devotado e comprometido a colocar luz, amor e alegria no mundo. Se você ficar aqui, prometo que poderemos ser amigos novamente", disse Smith.

Veja a integra do vídeo:

O desentendimento

No evento, que ocorreu em 27 de março, Chris Rock subiu ao palco para apresentar o prêmio de melhor documentário e fez uma piada sobre a cabeça raspada de Jada Pinkett Smith, que foi diagnosticada com alopecia, uma doença que provoca a queda de cabelos.

Em sua piada, Chris Rock comparou Jada à personagem de Demi Moore em "Até o Limite da Honra", porque as duas têm a cabeça raspada. Ela decidiu raspar os cabelos em 2021, após anos escondendo as falhas com lenços e turbantes.

No entanto, o marido da atriz, Will Smith, reagiu mal ao comentário do comediante, subiu ao palco e o agrediu no meio da apresentação.

"Mantenha o nome da minha esposa fora da p*** da sua boca", afirmou Smith logo após a agressão.

Depois de ser suspenso da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas por dez anos, Will Smith fez um pedido de desculpas pelo incidente.

Na declaração, o ator disse: "Piadas sobre mim são parte do trabalho, mas uma piada sobre a condição médica de Jada foi demais para mim, e eu reagi emocionalmente".

Compartilhe