Diário de São Paulo
Siga-nos
Caso Klara Castanho

Klara Castanho processa Antonia Fontenelle e pede quantia altíssima em indenização

O pedido foi feito por conta das declarações feitas pela influencer sobre a gravidez da atriz

Antonia expôs publicamente Klara a respeito de um processo cujo sigilo é garantido por lei - Imagem: reprodução Instagram @klarafgcastanho / @ladyfontenelle
Antonia expôs publicamente Klara a respeito de um processo cujo sigilo é garantido por lei - Imagem: reprodução Instagram @klarafgcastanho / @ladyfontenelle

Publicado em 19/07/2022, às 14h34 Vitória Tedeschi


No último dia 26 de junho, a internet foi tomada pelo "caso Klara Castanho", que chamou a atenção quando a atriz, de 21 anos, publicou um relato em suas redes sociais revelando que foi estuprada, engravidou e decidiu entregar o bebê diretamente para adoção (leia o post na íntegra aqui).

A atriz disse ter decidido falar sobre o assunto após a história vazar do hospital onde realizou o parto.

Uma das pessoas que receberam inúmeras críticas sobre a exposição pública do caso, mesmo antes de Klara se posicionar publicamente, foi a atriz e apresentadora Antonia Fontenelle, que comunicou durante uma live, sem citar o nome de Klara, a notícia de que “uma atriz global teria engravidado e doado a criança para a adoção”.

Após o ocorrido, Klara Castanho moveu uma ação contra Antionia Fontenelle, pedindo uma indenização de R$ 100 mil por conta das declarações feitas pela youtuber a respeito do processo de entrega para adoção de um bebê recém-nascido.

"Diante das gravíssimas ofensas comprovadas contra a Autora, não restam dúvidas de que, no presente caso, estão preenchidos todos os pressupostos para condenar a ao pagamento de danos morais no valor R$ 100.000, 00", diz a petição.

Porém, a juíza Flávia Viveiro de Castro, da 2ª Vara Cível da Barra, entendeu que a determinação para retirar as declarações de Fontenelle seria "uma espécie de censura".

Compartilhe