Diário de São Paulo
Siga-nos

Miami e Orlando: trens farão viagem de 3h entre as cidades e já têm data para inaugurar

Imagem Miami e Orlando: trens farão viagem de 3h entre as cidades e já têm data para inaugurar

Publicado em 04/07/2022, às 00h00 - Atualizado às 19h23 Redação


Para os turistas apaixonados pela Flórida (EUA), fazer uma viagem entre as cidades deMiami e Orlando pode ficar mais fácil e mais rápido a partir de 2023, graças ao lançamento de uma nova rota de trem de alta velocidade.

Os novos trens atingirão uma velocidade máxima de aproximadamente 200 km/h e ligarão o centro de Miami ao Aeroporto Internacional deOrlando, em um trajeto de cerca de 3 horas, informou a CNN.

A novidade será gerenciada pela empresa ferroviária Brightline, que tem uma longa experiência em viagens entre as cidades de Miami, Fort Lauderdale e West Palm Beach.

De acordo com a companhia, as obras para a construção da linha ferroviária de 274 km que liga West Palm Beach a Orlando está 70% completa e deve ser entregue até o final de 2022. Mas, as operações turísticas serão iniciadas apenas em 2023. Além disso, esse trecho entre Miami e Orlando pode gerar um impacto econômico de US$ 6,4 bilhões e resultar em mais de 10 mil empregos para os próximos oito anos.

Conheça o trajeto

O novo trecho operado pela Brightline ligará a estação da Brightline do centro de Miami à estação ferroviária do Terminal C do Aeroporto Internacional de Orlando.

Nos arredores de Orlando, a ferrovia é chamada de Zona 2 e foi concluída em fevereiro. Ela consiste em uma via dupla que trafega sob pistas de taxiamento ativas do aeroporto. Sua infraestrutura envolve seis pontes, duas passagens subterrâneas e uma rotatória que foi projetada para melhorar o fluxo de tráfego.

Havia uma expectativa de que esse trajeto também incluísse uma parada no Disney Springs, que faz parte do complexo do Walt Disney World Resort, mas o projeto foi cancelado no fim de junho. No entanto, depois que as obras estiverem completas, será realizado um inédito trecho entre Orlando e a cidade de Tampa.

Em junho, o projeto começou a ganhar impulso com o suporte do governo norte-americano repassou fundos de cerca de US$ 15,8 milhões para o plano intermunicipal de passageiros.

Quanto custa uma viagem

Os trens da nova rota da Brightline devem seguir os padrões das outras linhas já operadas pela companhia. Geralmente, esses transportes contam com assentos ergonômicos e Wi-Fi gratuito.

Além de uma infraestrutura pensada para oferecer não apenas comodidade, como também acessibilidade para todos os passageiros. Por isso, esses trens dispõe também de espaços especiais para cadeiras de rodas e banheiros acessíveis.

A viagem de trem é vendida em duas classes: a Smart, a opção de classe econômica, que vende aos passageiros alimentos e bebidas durante o trajeto. E a Premium, considerada de primeira classe, que dispõe de alimentos, bebidas e acesso a um lounge antes da partida incluídos no valor da passagem.

Por enquanto, a Brightline não divulgou os valores oficiais das passagens para a rota. Mesmo assim, acredita-se que os preços devem partir de US$ 100.

Compartilhe