Diário de São Paulo
Siga-nos
COVARDIA

Idoso que coletava recicláveis é espancado covardemente; confira o motivo

O idoso sente dores desde segunda-feira (25). Ele sofreu ferimentos nas costas e na cabeça, onde já tinha passado por uma cirurgia

Idoso que coletava recicláveis é espancado covardemente - Imagem: Reprodução | Record TV
Idoso que coletava recicláveis é espancado covardemente - Imagem: Reprodução | Record TV

Publicado em 31/07/2022, às 20h45 Marina Roveda


O catador de recicláveis, Claudionor Nastarino (73), foi agredido covardemente por um homem na rua após dar ‘bom dia’ ao agressor. O caso aconteceu em Jacareí, no interior de São Paulo.

Nastarino acorda corriqueiramente as 4h da manhã para coletar recicláveis pelas ruas. Nas imagens, é possível ver que o catador olha para o suspeito e diz alguma coisa. Na sequência, o homem, que caminhava pela calçada olha para o idoso e avança em sua direção.

O agressor estava com um "nunchaku" na mão, um bastão de madeira usado em artes marciais. Ele bate com o instrumento na perna do idoso, que cai. Mesmo no chão, ele dá chutes pelo corpo da vítimae tapas na cabeça do catador, que não reage.

Desorientado, o senhor senta na calçada, levanta com dificuldade, organiza os objetos no carrinho e deixa o local na direção contrária ao agressor.

O idoso sente dores desde segunda-feira (25). Ele sofreu ferimentos nas costas e na cabeça, onde já tinha passado por uma cirurgia.

Os moradoresse reuniram e registraram um boletim de ocorrência após a agressão. Segundo eles, o suspeito já é conhecido por ser uma pessoa agressiva.

Compartilhe