Diário de São Paulo
Siga-nos

Após 46 anos, recorde de maior artilheiro de um clube do Nordeste na Série A muda de dono; veja lista

O gol marcado por Gilberto sobre o Corinthians, na última terça-feira, não evitou a derrota do Bahia, mas deixou uma marca positiva para o atacante: ele

Após 46 anos, recorde de maior artilheiro de um clube do Nordeste na Série A muda de dono; veja lista
Após 46 anos, recorde de maior artilheiro de um clube do Nordeste na Série A muda de dono; veja lista

Publicado em 06/10/2021, às 00h00 - Atualizado às 19h03 Redação


Atacante do Santa Cruz na década de 70, Ramón foi superado por Gilberto, que chegou a 40 gols acumulados pelo Bahia na competição

O gol marcado por Gilberto sobre o Corinthians, na última terça-feira, não evitou a derrota do Bahia, mas deixou uma marca positiva para o atacante: ele chegou a 40 gols na Série A pelo Esquadrão de Aço e tornou-se o maior artilheiro de um clube do Nordeste na competição, superando o recorde de Ramon, ex-Santa Cruz,que durava 46 anos. O levantamento foi feito pelo jornalista Cássio Zirpoli.

Gilberto deixou para trás Ramón, artilheiro do Santa Cruz na década de 70 (fez 39 gols entre 1971 e 1975, sendo o goleador máximo da edição de 73, com 21 gols). A curiosidade é que o atacante do Bahia também foi formado no time pernambucano, no qual fez as categorias de base, se profissionalizou e ganhou o título Pernambucano de 2011.

Gilberto em treino no Bahia — Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

Gilberto em treino no Bahia — Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

Gilberto conseguiu o recorde com os seguintes números:

  • 8 gols em 2018
  • 14 em 2019
  • 9 em 2020
  • 9 em 2021 (em andamento)

Com a marca atual, Gilberto está empatado com Edenílson, do Internacional, e Bruno Henrique, do Flamengo, no topo da artilharia desta edição da Série A.

Ramon em ação pelo Santa Cruz — Foto: Reprodução/TV Globo

Ramon em ação pelo Santa Cruz — Foto: Reprodução/TV Globo

Caso consiga manter essa posição até o fim da competição, Gilberto vai igualar o próprio Ramon (em 1973), Charles, do Bahia (em 1990) e Diego Souza, do Sport (em 2016) como jogadores de times do Nordeste que acabaram o Brasileirão como artilheiros (considerando as edições a partir de 1971).

Os 15 maiores artilheiros do Nordeste da Série A, acumulado por clube*

  • 1º) 40 gols – Gilberto (Bahia, 2018-2021)
  • 2º) 39 gols – Ramón (Santa Cruz, 1971-1975)
  • 3º) 38 gols – Diego Souza (Sport, 2014-2017)
  • 4º) 37 gols – Nunes (Santa Cruz, 1975-1978)
  • 5º) 36 gols – Allan Delon (Vitória, 2000-2004)
  • 6º) 35 gols – Douglas (Bahia, 1972-1980)
  • 7º) 33 gols – Luciano Veloso (Santa Cruz, 1971-1974) e Leonardo (Sport, 1994-2000)
  • 9º) 32 gols – Betinho (Santa Cruz, 1971-1980) e Dinei (Vitória, 2008-2014)
    *Levantamento feito pelo jornalisto Cássio Zirpoli
Com 38 gols pelo Sport, Diego Souza é o terceiro maior artilheiro de um clube do Nordeste na Série A — Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press

Com 38 gols pelo Sport, Diego Souza é o terceiro maior artilheiro de um clube do Nordeste na Série A — Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press

.
.
.
Globo Esporte
Compartilhe