Siga nossa Redes

saúde

Mais de 1,2 mil pessoas estão com a 2ª dose da vacina contra Covid atrasada no Alto Tietê

Redação SP

Publicado

em

Mais de 1,2 mil pessoas estão com a 2ª dose da vacina contra Covid atrasada no Alto Tietê

Mais de 1,2 mil moradores do Alto Tietê estão com a segunda dose da vacina contra Covid-19 atrasada, segundo informações enviadas pelas prefeituras até esta quarta-feira (14).

O número inclui dados de ArujáBiritiba MirimFerraz de Vasconcelos, Guararema, Itaquaquecetuba e Suzano. Mogi das Cruzes, PoáSalesópolis e Santa Isabel também foram questionadas, mas não responderam.

 

Ao todo, 1.217 moradores de três cidades deveriam ter comparecido para receber a dose de reforço, mas ainda não retornaram. No caso da CoronaVac, o prazo de aplicação é de 14 a 28 dias após a primeira. Já para a Oxford/Astrazeneca, o intervalo é de 90 dias.

Segundo as secretarias de saúde, desde o início da imunização, 72,4 mil pessoas foram vacinadas, sendo que 25,6 mil já receberam a segunda dose.

De acordo com especialistas, ao deixar de tomar a segunda dose dentro do prazo indicado pelas farmacêuticas, os pacientes podem colocar em risco a eficácia do imunizante.

Arujá

 

Em Arujá, do início da campanha até terça-feira (13), 7.288 moradores foram vacinados com a 1ª dose, enquanto outros 3.172 receberam a 2ª. No entanto, 128 estão com a segunda aplicação em atraso.

Para evitar que isso ocorra, a Secretaria Municipal de Saúde informou que tenta, em um primeiro momento, fazer a busca ativa (quando os idosos tomam a primeira dose, já saem com a segunda dose agendada).

No entanto, caso não os localize, aguarda o retorno dessas pessoas para a tomada da segunda dose. Havendo a dose disponível, eles são vacinados. Caso contrário, é feita a remarcação para quando chegarem doses destinadas à segunda aplicação.

Ferraz de Vasconcelos

 

Em Ferraz de Vasconcelos, o número de vacinados que precisam tomar a segunda dose chega a 378. A cidade já imunizou 12.923 moradores com a primeira aplicação e outros 5.767 com a segunda. Para contornar o índice de vacinas em atraso, a Prefeitura está realizando uma busca ativa.

A Secretaria Municipal de Saúde afirma que tem percebido que muitos moradores estão esquecendo do prazo e não procuram os polos de imunização. A busca, portanto, ocorre por meio dos telefones deixados pelos vacinados no ato da primeira imunização.

“Nós precisamos muito que todos que conhecem pessoas que já tomaram a primeira dose os lembrem da segunda aplicação. É um trabalho de formiguinha, mas que deve ser feito sem falta”, afirmou a titular da pasta, Kelly Hungria.

Suzano

 

Na cidade de Suzano foram 26.827 imunizados com a primeira, sendo que 7.512 segundas doses já foram aplicadas.

O município é o que registra o maior número de pessoas que ainda não retornaram para a aplicação de reforço: 711. De acordo com a Prefeitura, todas essas pessoas são idosas, com 77 anos ou mais.

.

.

.

G1

mais lidas