Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Mundo

Evergrande visa proposta de reestruturação em seis meses

Publicado

em

Evergrande visa proposta de reestruturação em seis meses

Já o governo chinês reforça controle sobre a incorporadora imobiliária

A Evergrande disse nesta quarta-feira (26) que pretende ter uma proposta preliminar de reestruturação em seis meses, com a endividada incorporadora chinesa lutando para acalmar credores assustados com calotes, desde que ela começou a desmoronar em 2021.Evergrande visa proposta de reestruturação em seis mesesEvergrande visa proposta de reestruturação em seis meses

O anúncio veio enquanto Pequim aperta o controle sobre a incorporadora e toma medidas para estabilizar o setor imobiliário do país, que foi atingido pela crise.

Alguns donos de títulos disseram ter ficado desapontados com a apresentação de 25 minutos com credores, que incluiu respostas preparadas para perguntas.

Outrora a maior incorporadora da China, a Evergrande acumulou dívidas de mais de US$ 300 bilhões e está lutando para pagar credores, fornecedores e investidores em produtos de gestão de patrimônio.

O recém-nomeado diretor executivo da Evergrande, Siu Shawn, também presidente do Evergrande New Energy Vehicle, disse, na teleconferência com os credores, que o grupo está trabalhando em um plano de reestruturação abrangente.

“O conselho de administração e o comitê de gestão de risco esperam manter contato com os investidores e respeitosamente pedir que não tomem nenhuma ação legal agressiva para manter a estabilidade para os benefícios mútuos de todas as partes interessadas”, disse Siu na teleconferência.

“Percebemos que há dúvidas sobre a transparência e o processo de reestruturação do grupo e gostaríamos de aproveitar a oportunidade para explicar a todos os credores que o conselho de administração, o comitê de gestão de risco e o grupo trabalharão rapidamente para estabilizar o grupo”, disse Siu.

A agência de classificação de risco Moody’s disse, em relatório, que os acordos para emissão de títulos da Evergrande se tornaram cada vez mais frouxos, reduzindo ou eliminando as principais proteções e colocando em perigo as perspectivas de recuperação dos credores.
.

 

.

 

.

 

Agencia Brasil

mais lidas