Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Da pesca e cana-de-açúcar a capital do surfe: a descoberta do ouro em Baía Formosa

Publicado

em

Da pesca e cana-de-açúcar a capital do surfe: a descoberta do ouro em Baía Formosa

Esporte Espetacular mostra como medalha olímpica de Ítalo Ferreira muda vida na cidade do litoral do Rio Grande do Norte, do surfe como referência das crianças ao novo modelo de turismo.

Com pouco mais de 9 mil habitantes, a pequena cidade de Baía Formosa se tornou a capital do surfe e um dos centros turísticos do Nordeste após a conquista do ouro de Ítalo Ferreira, nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

O município apresenta um cenário paradisíaco: praias desertas, vilas de pescadores e a maior reserva de Mata Atlântica do Rio Grande do Norte. A economia, que gira em torno da pesca e do cultivo da cana-de-açúcar, agora passa a ter o surfe como protagonista do turismo local.

Este é o efeito do ouro olímpico de Ítalo. A secretária de turismo, Beta Leite, contou que a procura de Baía Formosa como destino turístico aumentou substancialmente desde o Campeonato Mundial de 2012.

– Este impacto é grandioso. Logo após ele ter sido campeão mundial, no fim de 2012, já recebemos grande quantidade de turistas em nosso município. E agora, depois das Olimpíadas de Tóquio, com ele campeão novamente, passou a ser a a grande estrela para o nosso município. É muito bom porque grande quantidade de turistas estão chegando em nossa cidade – diz a secretária.

Baía Formosa está localizada no litoral sul do rio Grande do Norte, a 98km da capital Natal. O município tem 25km de praia deserta e um mar convidativo para o surfe.

 

Italo Ferreira é campeão olímpico de surfe — Foto: Jonne Roriz/COB

Italo Ferreira é campeão olímpico de surfe — Foto: Jonne Roriz/COB

No país do futebol, o ídolo do surf

 

O impacto das conquistas de Ítalo transformou a rotina da cidade potiguar. No país do futebol, o pequeno município vive mesmo é da prática do surfe. Não se encontra campinhos de futebol, tampouco quadras poliesportivas. Não há crianças nas ruas jogando bola ou fazendo barrinha.

As crianças estão surfando pelo sonho de ser um Ítalo Ferreira no futuro. O pequeno Arthur é um dos talentos que inspiram a nova geração do surfe. O garoto que tem Ítalo como amigo e referência, já compete profissionalmente.

“Eu não sou novo não. Estou em três finais aqui nas categorias de 10, 12 e 14 anos. Meu parceiro Ítalo. (…) A gente tira muita onda. Eu vou para a casa dele, a gente brinca, tira onda com os caras e pegamos ondas juntos. O que eu mais quero é ser campeão mundial e agora olímpico”, disse o jovem surfista.

 

Italo Ferreira mostra a medalha de ouro em coletiva de imprensa — Foto: Reprodução

Italo Ferreira mostra a medalha de ouro em coletiva de imprensa — Foto: Reprodução 

 

.

.

.

Fonte: Ge

mais lidas