Siga nossa Redes

Esportes

“Cabeça fria e coração quente”: veja o discurso de Abel na vitória do Palmeiras sobre o River

esportes

Publicado

em

"Cabeça fria e coração quente": veja o discurso de Abel na vitória do Palmeiras sobre o River

Verdão divulgou o vídeo com os bastidores do histórico triunfo na Argentina

O Palmeiras divulgou, no fim da manhã desta quinta-feira, o vídeo com os bastidores da histórica vitória por 3 a 0 sobre o River Plate, em Avellaneda, pela abertura da fase semifinal da Copa Libertadores da América. Nas imagens destaca-se o discurso do técnico Abel Ferreira, algo já tradicional neste tipo de material divulgado pelo clube.

Além do expressivo “avanti, palestra”, repetido a cada jogo, Abel Ferreira pediu desde o início inteligência e intensidade ao elenco. Uma frase do português se destacou para ilustrar o pedido aos jogadores do Palmeiras antes de a bola rolar contra o River Plate.

— Temos que desfrutar com sabedoria, ok? Usar a nossa agressividade no processo certo, com calma, com cabeça fria e coração quente. Com nossa qualidade, juntos, somos fortes como equipe. Pensamento positivo em busca de um bom resultado do início ao fim — discursou Abel Ferreira antes de a bola rolar no estádio Libertadores de América.

Ainda nas imagens, o Palmeiras mostra Gustavo Scarpa lamentando sobre o golaço anulado por impedimento de Luiz Adriano na origem da jogada e o discurso padrão cautela, adotado após o 3 a 0.

— Seria o maior golaço. Luiz estava um pouco impedido. O recurso foi cavar no goleiro e finalizar. Nossa, estava feliz que tinha sido o maior golaço, mas infelizmente não deu certo. Feliz pela vitória da equipe — comentou o meia palmeirense, que deu a assistência para Matías Viña fechar o placar.

Abel Ferreira durante o discurso pré-jogo do Palmeiras contra o River Plate — Foto: Reprodução

Abel Ferreira durante o discurso pré-jogo do Palmeiras contra o River Plate — Foto: Reprodução

Além de Abel, na coletiva, os jogadores também ressaltaram que o confronto ainda está aberto, apesar da confortável vantagem. O River precisa de uma goleada por quatro gols de diferença (ou três, desde que faça quatro gols no Allianz Parque) para reverter o confronto. O Palmeiras nunca perdeu por essa diferença na arena.

— Tem o jogo de volta. É manter essa concentração e união que o grupo tem para conseguir a classificação — afirmou Luiz Adriano, enquanto Gabriel Menino disse que “não acabou nada e que a mentalidade segue “de zero a zero”.

— O esforço que fizemos hoje não é para relaxarmos. Fizemos hoje da melhor maneira, pensando na outra partida. Sabemos que temos a vantagem e obviamente temos que ser inteligentes com isso, mas não podemos relaxar — discursou Viña.

O Palmeiras volta às atividades na tarde desta quinta-feira, na Academia de Futebol. Antes de encarar o River na terça e definir o futuro na Libertadores, o time alviverde encara o Sport, no sábado, fora de casa, pelo Brasileirão.

.

.

.

GE – Globo Esporte.

Publicidade

mais lidas