Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Dia a Dia

Turismo na capital paulista tem queda de 6,8% em janeiro

Publicado

em

Turismo na capital paulista tem queda de 6,8% em janeiro

A queda se deve às restrições relacionadas à variante Ômicron

A movimentação do turismo da capital paulista teve queda de 6,8% em janeiro, na comparação com o mês anterior, segundo o indicador do Conselho de Turismo (CT), da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).Turismo na capital paulista tem queda de 6,8% em janeiroTurismo na capital paulista tem queda de 6,8% em janeiro

O Índice Mensal de Atividade do Turismo (Imat), que é feito em parceria com a SPTuris, caiu de 85,9 pontos em dezembro para 80 pontos no primeiro mês de 2022. De acordo com os analistas, a queda se deve às restrições relacionadas à variante Ômicron.

O desempenho negativo na comparação mensal se deve, sobretudo, à taxa média de ocupação hoteleira, que passou de 58,9% em dezembro para 48,7%. O faturamento das empresas do setor de turismo também ficou em baixa, com uma queda de 15,4%. Esse indicador está 25% abaixo do período pré-pandemia.

No período de maior incidência da variante Ômicron, houve redução da oferta e cancelamento de voos por falta de tripulação tendo em vista as altas taxas de contaminação, além de cancelamentos feitos pelos passageiros. A movimentação nos aeroportos teve queda de 4,9% em relação ao mês anterior. Nas rodoviárias, no entanto, a movimentação cresceu 9,5%, com um total de 1,2 milhão de passageiros.

O emprego teve queda de 0,3% e ficou abaixo de 400 mil trabalhadores no setor de turismo no município de São Paulo. O atual patamar é praticamente igual ao de janeiro de 2020.

Na comparação anual, relacionando o indicador geral com janeiro de 2021, houve crescimento de 36,6% no início deste ano. Isso ocorre porque no primeiro mês do ano passado o país enfrentava a segunda onda da pandemia do coronavírus.

Para a FecomercioSP, a rotina do setor está se restabelecendo gradualmente, bem como a confiança de empresários e consumidores. Apesar de seguir o temor de cancelamentos neste primeiro trimestre, a entidade avalia que eventos e viagens devem ocorrer de forma cada vez mais intensa.

O indicador, que varia de zero a 100 pontos, é composto por cinco variáveis que têm os mesmos pesos para a composição: movimentações de passageiros dos aeroportos de Congonhas e Guarulhos, movimentação dos passageiros nas rodoviárias, taxa média de ocupação hoteleira na cidade, faturamento do setor do turismo na capital e estoque de emprego nas atividades exclusivas do turismo.

.

 

.

 

.

Agencia Brasil

mais lidas