Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Rio terá redução da tarifa de gás, diz secretário de desenvolvimento

Publicado

em

Rio terá redução da tarifa de gás, diz secretário de desenvolvimento

Governo ainda não divulgou percentual de queda

O governo do Rio de Janeiro prepara uma redução da tarifa de gás natural para todos os segmentos atendidos pela concessionária Naturgy. O anúncio foi feito hoje (27) por Lucas Tristão, secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais.

“Acredito que até abril julgamos o processo de revisão tarifária. Nesse processo, já haverá uma queda no preço do gás que beneficiará diretamente o consumidor. Tanto para as empresas quanto para os consumidores residenciais, em abril, a Agenersa [Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico], através do processo de revisão tarifária quinquenal, deve anunciar a queda”, disse.

Ele explica que, a cada cinco anos, há uma discussão sobre a tarifa do gás levando em conta o plano de investimentos da concessionária. Esse plano é apresentado à Agenersa e deve prever, por exemplo, quanto vai ser destinado para construção de gasodutos e de novos postos de GNV [Gás Natural Veicular]. Para fazer os investimentos previstos, a concessionária precisa ser remunerada e essa remuneração entra no cálculo da tarifa.

Dessa vez, está em questão a validade de um aditivo assinado alguns anos atrás com a concessionária. “A companhia não realizou todos os investimentos que estavam previstos, muito por conta do próprio mercado. Em um momento, ali entre 2011 e 2014, no pico do desenvolvimento do Rio de Janeiro que sediaria Copa do Mundo e Olimpíadas e avançava na construção civil, foi feito um plano que não foi integralmente cumprido. E por isso, precisamos compensar para o consumidor os investimentos não realizados. E aí vamos entregar uma tarifa mais barata”, disse.

O secretário afirma que nessa revisão já estarão previsto os investimentos a serem realizados pela concessionária nos próximos cinco anos. Mesmo assim, disse que a tarifa será mais baixa do que a praticada atualmente. No entanto, não soube estimar um percentual da redução.

 

 

 

 

EBC

mais lidas