Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Polícia

PM aposentado é suspeito de atirar em jovem por dívida de R$ 20 em Canitar

Publicado

em

PM aposentado é suspeito de atirar em jovem por dívida de R$ 20 em Canitar

Policial teria baleado rapaz de 22 anos ao defender a esposa, que ajudava amiga a cobrar a dívida. Depois, ainda atropelou mãe da vítima. Parente do suspeito diz que ele alega legítima defesa.

policial militar aposentado José Orlando Horácio, de 52 anos, é suspeito de atirar no jovem Igor Borges Ribeiro, de 22, após uma discussão por uma dívida de R$ 20 que era cobrada pela esposa do suspeito do crime. O caso aconteceu na tarde de domingo (22), em frente a uma lanchonete localizada em uma praça no centro de Canitar (SP).

Segundo testemunhas, muitas crianças brincavam na rua e a lanchonete estava lotada de clientes quando o jovem foi baleado na barriga. Ele foi socorrido em estado grave à Santa Casa de Ourinhos, distante pouco mais de 10 quilômetros de Canitar.

De acordo com o boletim de ocorrência, a confusão começou quando a mulher do policial aposentado, que estava na lanchonete, foi acompanhar uma amiga que queria cobrar uma dívida de R$ 20 de uma outra pessoa que estava na praça.

PM aposentado é suspeito de atirar em jovem por dívida de R$ 20 em Canitar

PM aposentado é suspeito de atirar em jovem por dívida de R$ 20 em Canitar

Igor também estava na praça e teve início uma discussão acirrada com a mulher do PM, que foi chamado por telefone pela esposa. Ao chegar, João Orlando também entrou na discussão, disparou contra o jovem e fugiu de carro. Na fuga, atropelou a mãe da vítima, de 38 anos.

O delegado João Befa, que cuida do caso, diz que as investigações estão no início, mas já é possível afirmar que o crime aconteceu por conta de uma discussão banal. Ele diz também que não dúvidas sobre a autoria, pois testemunhas já ouvidas confirmam a participação do PM aposentado.

Befa instaurou o inquérito, que trabalha com as hipóteses de tentativa de homicídio e, dependendo da origem da arma, com o crime de posse ilegal.

Por telefone, um parente de José Orlando afirmou que o ex-policial agiu em legítima defesa e que vai se apresentar à polícia nos próximos dias. Segundo a Santa Casa de Ourinhos, Igor passou por cirurgia e o estado dele é grave, mas estável. A mãe da vítima teve ferimentos leves e já foi liberada.

Praça em Canitar foi o palco da tentativa de homicídio (Foto: Reprodução / TV TEM)

Praça em Canitar foi o palco da tentativa de homicídio (Foto: Reprodução / TV TEM)

mais lidas