Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

PF desarticula organização especializada em evasão de divisas

Publicado

em

PF desarticula organização especializada em evasão de divisas

Criminosos operavam na fronteira entre o Brasil e o Uruguai

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (24) uma operação para desarticular uma associação criminosa especializada em evasão de divisas, operação de câmbio ilegal e lavagem de dinheiro, estabelecida na fronteira do sul do Brasil (Chuí-RS) com o Uruguai (Chuy). Batizada de Yallah, a operação cumpre 11 mandados de busca e apreensão, nas cidades de Santa Vitória do Palmar (3), Chuí (7) e Uruguaiana (1).PF desarticula organização especializada em evasão de divisasPF desarticula organização especializada em evasão de divisas

Cerca de 50 policiais participam da operação, que também cumpre ordens judiciais de bloqueio de ativos em contas bancárias de seis pessoas físicas e jurídicas e a indisponibilidade de nove veículos que superam R$ 1 milhão em valores de mercado. As medidas foram expedidas pela 11ª Vara Criminal da Justiça Federal de Porto Alegre.

“A investigação teve início com a notícia de movimentações financeiras suspeitas envolvendo membros da associação criminosa, que, entre 2016 e 2018, teriam movimentado mais de R$ 230 milhões entre diversas contas bancárias”, informou a PF.

De acordo com a polícia, as investigações apontam a existência de uma rede de pessoas físicas e jurídicas que receberiam em contas bancárias valores oriundos das mais diferentes regiões do Brasil. A associação criminosa é responsável por gerenciar uma rede de contas bancárias, muitas vinculadas a laranjas e a empresas de fachada. Todos os investigados são residentes ou sediados na fronteira entre o Brasil e o Uruguai.

“Após o aporte dos valores nas contas de controle dos membros da associação criminosa, o grupo operacionalizava o saque, o transporte e a entrega dos valores em casas de câmbio e em outras instituições financeiras do Uruguai”, disse a PF.

.

.

.

Agência Brasil

mais lidas