Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Polícia

PF cumpre mandados em busca de eleitores que ganharam brindes em Rio Preto

Publicado

em

PF cumpre mandados em busca de eleitores que ganharam brindes em Rio Preto

Polícia investiga irregularidades cometidas nas últimas eleições.
Há denúncias contra três vereadores eleitos em São José do Rio Preto.

Agentes da Polícia Federal (PF) realiza nesta sexta-feira (18) uma nova fase da operação que investiga possíveis irregularidades nas eleições 2016 em São José do Rio Preto (SP). A PF cumpre nove mandados de busca e apreensão e 10 de condução coercitiva – quando a pessoa é levada para depor – nos bairros João Paulo 2º e Parque da Liberdade. Os mandados foram expedidos pela Justiça Eleitoral e têm o objetivo de identificar eleitores que possam ter sido beneficiados com brindes e presentes entregues pelo então candidato à reeleição Fábio Marcondes (PR) durante a campanha eleitoral de outubro.

Marcondes, que foi o mais votado da cidade com oito mil votos, nega as acusações. Ele publicou em redes sociais que é inocente, não comprou votos e que todos os gastos de campanha foram corretamente registrados na Justiça Eleitoral. Depois de ser concluído, o inquérito da Polícia Federal vai para o Ministério Público.

Esta é a terceira fase da operação ‘Katálogo’, que investiga compra de votos nas últimas eleições para vereador no município. Segundo o Ministério Público, o pente fino descobriu ausência de notas fiscais, extratos bancários e informações sobre a origem do dinheiro usado durante a campanha e sobre as empresas contratadas nesse período.

Por volta das 5h30 desta sexta-feira, os agentes federais chegaram à casa da mãe de um dos assessores de Marcondes. Segundo a polícia, os mandados são cumpridos com base em uma lista com nomes de pessoas que teriam ganhado ou tido algum benefício com a candidatura do atual presidente da Câmara.

Entre os brindes e presentes, de acordo com a polícia, há chuteiras, bolas, cadeira de rodas, churrascos, além de dinheiro em espécie. O vereador começou a ser investigado no começo de outubro. Além de compra de votos, ele é investigado por gastar na campanha um valor bem acima do permitido.

Todos os conduzidos e as apreensões de documentos serão encaminhados até a sede da PF em Rio Preto para análise e prestação de esclarecimentos no interesse da Justiça Eleitoral.

Agentes federais cumprem mandados em Rio Preto (Foto: Graciela Andrade/TV TEM)

Agentes federais cumprem mandados em Rio Preto (Foto: Graciela Andrade/TV TEM)

mais lidas