Diário de São Paulo
Siga-nos

Covid-19: 2ª dose de reforço da vacina para 1 milhão de paulistanos depende de autorização do Ministério da Saúde

Imagem Covid-19: 2ª dose de reforço da vacina para 1 milhão de paulistanos depende de autorização do Ministério da Saúde

Publicado em 06/07/2022, às 00h00 - Atualizado às 16h36 Redação


Pelo menos 1 milhão de pessoas acima de 35 anos de idade estão no alvo que a Secretaria da Saúde de São Paulo pretende atingir com a segunda dose adicional (DA2) da vacina contra a Covid-19. Documento com o pedido ao Ministério da Saúde para inclusão deste público no calendário vacinal.

Pelo levantamento oficial da Saúde, pelo menos 33 milhões de doses já foram aplicadas. Até a última terça-feira, 4, São Paulo havia aplicado 2,2 milhões de doses como reforço (DA2). Isto representa 56,8% do público alvo.

Ainda de acordo com dados oficiais, mais de 7,7 doses como 1º reforço foram aplicados. A cobertura foi de 81,3%.

O secretário municipal de Saúde, Luiz Carlos Zamarco destacou a importância do reforço na vacinação para a população paulistana.

“São Paulo é a capital mundial da vacina e essa grande adesão da população à vacinação mostrou sua eficiência e importância para evitar que casos de Covid-19 se agravem e levem a internações. Pedimos à população que procure a UBS mais próxima de sua casa ou trabalho e não deixe de se vacinar”, afirmou.

A Secretaria tem catalogadas mais de 627 mil pessoas que deixaram de receber a segunda dose (D2) contra a Covid-19 na capital.

Há ainda 2,5 milhões de pessoas aptas para a primeira dose adicional da vacina (DA1) que ainda não procuraram os postos. Esses que não compareceram estão sendo procurados por meio dos prontuários existentes nas Unidades Básicas de Saúde.

Pela busca ativa, a Saúde quer alcançar esses moradores e oferecer a vacinação de segunda a domingo e até nos feriados.

Compartilhe