Diário de São Paulo
Siga-nos
Chocante

Três falsos policiais abusam de uma mãe e cometem atrocidades contra os filhos dela

A vítima foi socada e amarrada pelos criminosos, que também roubaram a casa

O crime aconteceu em novembro de 2021, em Londres, mas os criminosos foram julgados recentemente - Imagem: Freepik
O crime aconteceu em novembro de 2021, em Londres, mas os criminosos foram julgados recentemente - Imagem: Freepik

Mateus Omena Publicado em 20/11/2022, às 09h40


Três homens que se passaram por policiais invadiram uma casa e espancaram uma mãe. A cena aconteceu na frente dos três filhos da vítima. O objetivo dos criminosos era roubar itens de valor da residência.

De acordo com o jornal britânico, a vítima de 30 anos, cuja identidade não foi revelada, estava saindo de sua casa em Putney, no sul de Londres, quando os homens a abordaram na frente do imóvel usando trajes da polícia municipal e portando cassetetes. O crime aconteceu em novembro de 2021.

Em seguida, a mulher foi agarrada pelo pescoço na frente dos filhos pequenos e forçada a voltar para dentro de casa, onde foi pisoteada, socada e contida com braçadeiras.

Os ladrões roubaram dinheiro, presentes de Natal e uma cachorrinha bulldog americana de dois meses de idade, chamada de 'Blue Merle'.

Mais tarde, eles foram acusados pelas autoridades ​​de roubo qualificado depois que uma intensa operação de buscas descobriu evidências críticas.

policial
Michael Cloherty, Michael Cook e Simon Lodlow foram condenados recentemente pela Justiça inglesa.  Imagem: reprodução/The Mirror

Após um julgamento de sete dias no Kingston Crown Court, o trio de criminosos foi considerado culpado em 9 de novembro de 2022.

Os agressores ficarão presos por um total de 35 anos; Michael Cloherty, 58, foi condenado a 13 anos de prisão. Simon Ludlow, 50, foi preso por 12 anos e Michael Cook, 54, foi preso por 10 anos.

Por outro lado, a cadelinha roubada continua desaparecida e a Polícia Metropolitana continua apelando por informações relacionadas ao seu paradeiro.

O detetive inspetor Andy Durham, da Specialist Crime South, declarou: “Esses três indivíduos fingiram ser policiais para entrar, antes de usar violência extrema para roubar uma mãe na casa de sua família”.

E acrescentou: “Combater criminosos violentos é uma prioridade. Fomos capazes de levá-los à justiça e obter sentenças compatíveis com seus crimes”.

Compartilhe  

últimas notícias