Diário de São Paulo
Siga-nos
A mulher da Casa Abandonada

Em vídeo, Polícia Civil entra na casa de Margarida Bonetti e Luísa Mell tenta resgatar cachorro

A mulher dificultou a ação e não queria permitir a entrada de ninguém

Margarida e o marido Renê Bonetti foram acusados de explorar por 20 anos, agredir e negar auxílio médico a uma empregada doméstica - Imagem: reprodução Instagram @luisamell
Margarida e o marido Renê Bonetti foram acusados de explorar por 20 anos, agredir e negar auxílio médico a uma empregada doméstica - Imagem: reprodução Instagram @luisamell

Publicado em 20/07/2022, às 18h19 Vitória Tedeschi


Na tarde desta quarta-feira (20), a Polícia Civilentrou na casa abandonada, do caso de A mulher da Casa Abandonada, e está cumprindo um mandado de busca e apreensão.

O objetivo da ação policial foi confirmar se alguém ainda vivia na casa, que está caindo aos pedaços e, segundo a polícia, é inabitável. Além disso, a ativista Luísa Mellacompanhou a polícia, a fim de resgatar os animais que viviam ali em situação insalubre.

Ela fez uma transmissão ao vivo no Instagram e mostrou a resistência de Margarida Bonetti,“A Mulher da Casa Abandonada”. Ela não queria entregar os animais de jeito nenhum e foi bastante agressiva.

A propriedade ficou famosa ao ser retratada no podcast “A Mulher da Casa Abandonada”, criado por Chico Felitti para a Folha de S. Paulo. O podcast teve mas de sete milhões de downloads e transformou a casa decrépita em ponto turístico paulista.

Luísa Mell ainda cita que a polícia suspeita de haver outra pessoa sendo escravizada no local, o que justificaria a maneira com que Margarida proibe a entrada de qualquer pessoa em sua residência.  No entanto, segundo o delegado Luís Carlos Zaparolli, dentro da casa havia entulho, restos de comida e lixo. Um cachorro assustado estava na cozinha e, por fim, conseguiu ser resgatado.

De acordo com o delegado-geral da Polícia Civil de São Paulo, Oswaldo Nico, não há mandado de prisão conta Margarida porque o crime prescreveu.

"É um trabalho até social, não estamos com o mandado de prisão, o mandado dela está prescrito, estamos em um mandado de busca porque [...] ela está lá com esse lixo todo, convivendo, tem animais na casa, ou seja é um problema social. Vamos procurar ajuda médica para tentar uma condição melhor para ela, tentar ver algum parente, alguma coisa, é uma questão mais social do que policial", disse Nico à Band durante a operação.

Confira a transmissão ao vivo de Luísa Mell:

View this post on Instagram

A post shared by Luisa Mell (@luisamell)

Compartilhe