Diário de São Paulo
Siga-nos

Desafeto de Arthur Aguiar é alvo de operação policial

A Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE-RJ) cumpriu cinco mandados de busca e apreensão

Imagem: Reprodução | Instagram
Imagem: Reprodução | Instagram

Publicado em 19/07/2022, às 10h38 Marina Roveda


Em uma operação realizada pela Polícia Civil do RJnesta terça-feira (19), o rapper Filipe Ret foi alvo de uma suposta distribuição de gratuita de cigarros de maconhaem uma festa que ocorreu há um mês na Zona Sul do Rio. O celular do cantor e alguns cigarros foram apreendidos. A operação ocorre após investigações contra outros famosos como Deolane Bezerra.

Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao rapper. O imóvel localizado no Flamengo precisou da ajuda de um chaveiro para ser aberto, a equipe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE-RJ) apreendeu maconha e material para enrolar cigarros no local.

A administração da casa de shows onde foi realizada a festa “Open Beck” de Felipe Ret se negou a fornecer, na íntegra, as imagens relacionadas ao evento.

Desafeto com Arthur Aguiar

Felipe Ret, que chegou a cantar na casa mais vigiada do Brasil, não aceitou a vitória de Arthur Aguiar no Big Brother Brasil 22.  Acompanhando a final no Twitter, Ret se mostrou revoltado por não ver Paulo André levando o prêmio.“Brasil não sabe votar", disparou ele em seu perfil oficial. "Foi roubado, fod*-se", continuou em uma publicação seguinte.

Compartilhe