Diário de São Paulo
Siga-nos
Causa Animal

Laudo aponta causa da morte de Joca, Golden Retriever, 3 meses após incidente; veja

Joca foi enviado por engano para Fortaleza, enfrentando hipertermia durante a longa viagem

Laudo aponta causa da morte de Joca, Golden Retriever, 3 meses após incidente - Imagem: Reprodução / Instagram @dolcedogg
Laudo aponta causa da morte de Joca, Golden Retriever, 3 meses após incidente - Imagem: Reprodução / Instagram @dolcedogg

Sabrina Oliveira Publicado em 04/07/2024, às 12h15


Um laudo emitido pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (USP) revelou que Joca, o Golden Retriever de 5 anos, faleceu devido a choque cardiogênico. O animal, que deveria ser transportado de Guarulhos (SP) para Sinop (MT), acabou sendo enviado por engano para Fortaleza (CE), onde permaneceu por um período prolongado antes de retornar sem vida ao seu tutor.

O incidente ocorreu em abril deste ano, quando Joca foi colocado em um voo com destino errado, prolongando a viagem que deveria durar até 2h30min para cerca de 8 horas. Durante esse tempo, o cão ficou exposto a condições adversas, incluindo hipertermia severa, o que resultou em estresse significativo e, eventualmente, no choque cardiogênico fatal.

A veterinária Fátima Martins, que analisou o laudo, explicou que a hipertermia causou uma elevação crítica na temperatura corporal de Joca, levando a uma parada cardiorrespiratória. Ela destacou que, embora o animal já apresentasse alterações cardíacas, o agravante foi o estresse extremo e a desidratação severa provocada pela longa permanência no transporte inadequado.

O advogado do tutor, Marcello Primo Muccio, responsabilizou o episódio pelo estresse excessivo e pelas condições impróprias em que Joca foi transportado, afirmando que espera que as investigações identifiquem os responsáveis pelos maus-tratos sofridos pelo animal.

A Gol, empresa aérea responsável pelo transporte de Joca, emitiu uma nota lamentando profundamente o ocorrido e se comprometendo a oferecer todo o suporte necessário ao tutor. A empresa afirmou que está investigando o incidente com prioridade para esclarecer os detalhes do ocorrido e evitar que situações semelhantes ocorram no futuro.

Compartilhe  

últimas notícias