Diário de São Paulo
Siga-nos
Esporte

Harry Potter: Organizações de Quadribol anunciam mudança no nome após polêmica com J. K. Rowling

Jogo começou com campeonatos dentro da Universidade de Middlebury em Vermont e já alcançou reconhecimento internacional

J. K. Rowling é conhecida por ter feito diversos comentários transfóbicos que foram duramente criticados pela mídia e a decisão vem como forma de se distanciarem da autora de Harry Potter - imagem: reprodução Instagram @focusfindermedia
J. K. Rowling é conhecida por ter feito diversos comentários transfóbicos que foram duramente criticados pela mídia e a decisão vem como forma de se distanciarem da autora de Harry Potter - imagem: reprodução Instagram @focusfindermedia

Publicado em 20/07/2022, às 19h49 Fernanda Viana


Três grandes organizações que promovem o jogo de quadribol anunciaram nesta terça-feira (19) a mudança no nome do jogo para quadball.

A International Quidditch Association (IQA) e a US Quidditch (USQ) se juntaram com a Major League Quidditch (MLQ) para anunciarem a mudança oficial e alegam fazê-lo por duas razões: J. K. Rowling é conhecida por ter feito diversos comentários transfóbicos que foram duramente criticados pela mídia e a decisão vem como forma de se distanciarem da autora de Harry Potter.

O segundo motivo vem da vontade de patentear um nome único, já que a companhia Warner Bros. é dona da marca "quadribol".

Quadball faz alusão ao número de bolas usadas durante o jogo, como também o número de posições, e já ganhou respostas positivas dos fãs do jogo de acordo com pesquisas.

Tanto a USQ quanto a MLQ aplicaram para mudar o nome em dezembro de 2021 e já estão transicionando, enquanto a MLQ irá adotar o nome oficialmente no próximo mês.

Mary Kimball, diretora executiva da USQ disse que o quadball cresceu significamente nos últimos anos e que as organizações estão "comprometidas em fazer o quadball avançar".

"Em menos de 20 anos, nosso esporte foi de alguns estudantes universitários da parte rural de Vermont para um fenômeno global de mais de milhares de jogadores e campeonatos internacionais", disse Kimball.

Compartilhe