Diário de São Paulo
Siga-nos

Incêndio em albergue de Moscou deixa 8 mortos

Turistas que estavam no prédio, no sudeste da capital russa, não conseguiram fugir por conta de grades instaladas em janelas.

Interior de albergue de Moscou, na Rússia, atingido por incêndio em 29 de julho de 2022, ficou totalmente destruído. Alarme do prédio não foi ativado - Imagem: Divulgação
Interior de albergue de Moscou, na Rússia, atingido por incêndio em 29 de julho de 2022, ficou totalmente destruído. Alarme do prédio não foi ativado - Imagem: Divulgação

Publicado em 29/07/2022, às 07h44 G1


Um incêndio em um alberguede Moscou deixou ao menos oito pessoas mortas nesta sexta-feira (29), informaram autoridades locais.

O fogo afetou o térreo do edifício, que tem 15 andares, no fim da madrugada. Duzentas pessoas que estavam no albergue conseguiram deixar o local às pressas, que fica no sudeste da capital russa.

O caso foi agravado porque o alarme de incêndio do albergue não funcionou, e alguns turistas não conseguiram escapar por conta de grades instaladas nas janelas, segundo o chefe interino dos serviços de socorro de Moscou, Andrei Roumiantsev. Em 2019 e em junho deste ano, os controles administrativos de Moscouindicaram violações das regras de segurança do local, indicou o comitê de investigação. A polícia ainda não sabe o que causou o incêndio.

"De acordo com informações preliminares, oito pessoas morreram e quatro foram hospitalizadas", disse em nota a Comissão de Investigação, responsável pelos principais assuntos criminais.

O fogo foi rapidamente controlado, mas "as grades nas janelas impediram que as pessoas escapassem",

Compartilhe