Diário de São Paulo
Siga-nos

América-SP desiste de disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2022

O América-SP não disputará a Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2022. O clube pediu desistência da participação no torneio junto à Federação Paulista de

América-SP desiste de disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2022
América-SP desiste de disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2022

Publicado em 11/11/2021, às 00h00 - Atualizado às 15h52 Redação


O América-SP não disputará a Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2022. O clube pediu desistência da participação no torneio junto à Federação Paulista de Futebol (FPF) e dispensou praticamente todo o elenco sub-20, que seria utilizado no torneio.

Será a sexta temporada seguida em que o time de Rio Preto não irá disputar o maior campeonato de base do futebol brasileiro.

A saída da competição foi confirmada pelo presidente Luiz Donizette Prieto, o Italiano, que alegou descontentamento com o desempenho do América-SP no Campeonato Paulista sub-20. O clube foi o lanterna do Grupo 1 e acabou eliminado na primeira fase sem conquistar uma vitória sequer em dez jogos.

O único jogador que segue vinculado ao América-SP é o lateral-esquerdo Iago, que terminou a temporada como titular do time profissional que disputou a Segundona do Campeonato Paulista.

O América-SP não foi bem no Paulista sub-20 e acabou eliminado na primeira fase sem conquistar nenhuma vitória — Foto: Renan Contrera/Tanabi EC

O América-SP não foi bem no Paulista sub-20 e acabou eliminado na primeira fase sem conquistar nenhuma vitória — Foto: Renan Contrera/Tanabi EC

Segundo Italiano, o alto custo para participação na Copinha e a falta de um time competitivo pesaram na decisão de não disputar o torneio. O mandatário do América alega que irá aproveitar o período sem calendário ara cuidar do estádio Teixeirão para receber eventos, possibilitando o aumento de receitas para o clube.

O tradicional estádio situado em São José do Rio Preto costumava ser utilizado pelos grandes times de São Paulo. Em 2004, por exemplo, o Santos garantiu no título do Brasileirão ao vencer o Vasco atuando no Teixeirão.

Se a situação do América é ruim na base, no profissional o cenário não é diferente. O Rubro está desde 2015 na última divisão estadual e, desde então, jamais esteve perto de brigar pelo acesso. Em 2021, a equipe de Rio Preto foi eliminada na primeira fase pelo terceiro ano consecutivo.

.
.
.
Globo Esporte
Compartilhe