Diário de São Paulo
Siga-nos
Dinheiro na conta

Nesta sexta, receita pagará mais de R$6 bilhões em restituição; veja se está entre os contemplados

Veja quais são as orientações para evitar golpes

Quem tem direito à restituição do imposto já faz contas para gastar ou investir. - Imagem: Freepik
Quem tem direito à restituição do imposto já faz contas para gastar ou investir. - Imagem: Freepik

Publicado em 28/07/2022, às 13h17 Jair Viana


O terceiro lote de restituição do Imposto de Renda será pago nesta sexta-feira (29), segundo informação da Receita Federal. Estão na lista para receber esse dinheiro mais de 5,2 milhões contribuintes. No total o Leão vai devolver R$ 6,3 bilhões.

Neste lote, segundo a Receita, estão 9.461 idosos acima de 80 anos, 62.969 com idade entre 60 e 79 anos, 6.361 pessoas com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 29.540 que tenham como maior fonte de renda o magistério.

Para receber estão sendo chamados também, 5.134.337 contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o dia 3 de maio.

5.134.337 contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o dia 3 de maio;9.461 idosos acima de 80 anos.

Na lista ainda estão 62.969 com idade entre 60 e 79 anos; 6.361 pessoas com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave, 29.540 cuja maior fonte de renda seja o magistério.

A receita alerta os contribuintes que têm direito á restituição quanto aos cuidados para evitar golpes e perder todo o dinheiro.

Para consultar se vai receber a restituição do Imposto de Renda neste segundo lote, o contribuinte deve ir ao site (meu imposto) e na lista de serviços clicar em "Consultar a Restituição", informando o CPF, ano da declaração (2022) e a data de nascimento.

Caso o contribuinte necessite ou queira informações mais detalhadas, basta ir ao portal e-Cac. Neste serviço será possível saber o status de sua declaração e ainda descobrir se ficou alguma pendência ou divergência e se sua declaração caiu na 'malha fina'. Outro serviço oferecido no e-Cac ainda é a retificação de eventuais erros encontrados em sua declaração.

Para acessar é preciso CPF, código de acesso (que você mesmo tem de gerar) e senha. Se o status da declaração aparecer com os dizeres "em fila para restituição", significa que é só esperar os próximos lotes para saber quando vai receber.

A Receita ainda alerta que restituição vai cair na conta que o contribuinte informou na declaração do imposto. Caso você esteja na lista deste lote de restituição, mas o crédito não for realizado, mantenha a calma, pois o dinheiro vai ficar disponível, no Banco do Brasil, por até um ano.

Compartilhe