Diário de São Paulo
Siga-nos

Abilio Diniz posta homenagem ao filho João Paulo em rede social: 'Estou completamente sem chão'

João Paulo morreu no domingo, em Paraty, vítima de um infarto. Velório e enterro foram restritos a amigos e familiares

Abilio Diniz posta homenagem ao filho João Paulo em rede social: 'Estou completamente sem chão' - Imagem: Reprodução | Redes Sociais
Abilio Diniz posta homenagem ao filho João Paulo em rede social: 'Estou completamente sem chão' - Imagem: Reprodução | Redes Sociais

Publicado em 02/08/2022, às 08h05 G1


O empresário Abílio Diniz publicou em uma rede social na noite desta segunda-feira (1º) uma homenagem ao filho João Paulo Diniz, que morreu no domingo (31) aos 58 anos. O corpo do empresáriofoi velado e enterrado nesta segunda (1º).

No texto de despedida, Abílio Diniz conta que este é o "golpe mais duro" que recebeu da vida e que "está completamente sem chão".

Abílio afirma que a dor que está sentido é inexplicável e lembra que o filho "era aquele cara que todo mundo gostava de ter por perto". "Sempre sorridente, era um filho maravilhoso e que se tornou um dos meus melhores amigos", conta.

"Não sei como vou conseguir viver sem você, mas sei também que, de alguma maneira, tenho que conseguir em nome da minha mulher, meus filhos, netos e bisnetos", fiz, ao final antes de agradecer pelas mensagens de carinho.

Leia a íntegra da mensagem:

"Ontem a vida me deu o golpe mais duro que eu poderia receber e eu estou completamente sem chão. A dor que eu sinto é inexplicável. Meu filho João Paulo me deixou aos 58 anos, invertendo a lei natural da vida. O João era aquele cara que todo mundo gostava de ter por perto. Um atleta de respeito, que amava praticar qualquer tipo de esporte, assim como eu. Desde cedo, o esporte foi uma das nossas maiores conexões. Sempre sorridente, era um filho maravilhoso e que se tornou um dos meus melhores amigos. Um pai muito amoroso para os seus 4 filhos e um marido muito companheiro para a nossa querida Aninha. Filho, peço a Deus que te receba com muita luz e dê forças para toda a nossa família enfrentar este momento tão triste e doloroso. João, eu te amo muito, meu filho, e sempre te amarei profundamente. Obrigado pelos 58 anos que você passou comigo, sendo meu grande companheiro.

Não sei como vou conseguir viver sem você, mas sei também que, de alguma maneira, tenho que conseguir em nome da minha mulher, meus filhos, netos e bisnetos.
Agradeço todas as mensagens de carinho que tenho recebido, elas me ajudam a ter coragem para seguir em frente. Um abraço, Abilio."

Compartilhe