Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Marina Silva critica PT e Bolsonaro e diz que ‘casa dividida não tem como subsistir’

Publicado

em

Marina Silva critica PT e Bolsonaro e diz que 'casa dividida não tem como subsistir'

Candidata da Rede à Presidência fez campanha em João Pessoa (PB). Para ela, brasileiro não pode ficar entre a ‘cruz da corrupção e do PT’ e a ‘espada da violência do Bolsonaro’.

 

A candidata da Rede à Presidência, Marina Silva, criticou nesta segunda-feira (1º) a “divisão” no país que, segundo ela, foi causada pelo PT e pelo candidato do PSL, Jair Bolsonaro. Para Marina, a população brasileira não precisa ficar entre a “cruz da corrupção e do PT” e a “espada da violência do Bolsonaro”.

Marina cumpriu agenda de campanha nesta segunda em João Pessoa (PB). Na capital paraibana, a candidata almoçou em um restaurante na Praça da Independência, no Centro da cidade, e, depois, fez uma caminhada no Parque Solón de Lucena, também no Centro.

“Vamos continuar dialogando com a população, falando a verdade e dizendo que a população brasileira não precisa ficar entre a cruz e a espada. A cruz da corrupção e do PT e a espada da violência do Bolsonaro. Nós somos uma alternativa, um caminho para unir o Brasil”, disse Marina.

“O Brasil não pode ficar como está a Venezuela hoje e o que a gente está vendo é o perigo de PT e Bolsonaro levarem o Brasil para uma situação de descontrole, desunindo os brasileiros. Uma casa dividida não tem como subsistir”, complementou.

Transposição do São Francisco

Durante a entrevista, Marina Silva também foi questionada sobre as obras de transposição do Rio São Francisco e sobre a crise hídrica no Nordeste.

Segundo ela, a transposição é um dos caminhos para solucionar a crise hídrica, mas “infelizmente as obras estão praticamente cheias de problemas e em alguns trechos paralisadas”.

“A revitalização do São Francisco, depois que eu saí do Ministério, foi abandonada. Nós vamos recuperar as obras e tem os projetos que podem ser feitos para o atendimento das populações em regiões mais isoladas, como é o caso das cisternas de placas”, disse a candidata.

mais lidas