Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Jair Ferro: Desenvolvimento na cidade passa por fortalecimento e independência das subprefeituras

Publicado

em

Jair Ferro: Desenvolvimento na cidade passa por fortalecimento e independência das subprefeituras

Desenvolvimento na cidade passa por fortalecimento e independência das subprefeituras

Dona Maria, da Casa Verde, na Zona norte da cidade de São Paulo, observa que a árvore que ela viu crescer durante anos, está inclinada e quase tombando em sentido a sua casa. Pedro da Zona Leste, não aguenta mais ouvir a suspensão dele bater toda vez que vai ao mercado comprar aquele ingrediente que faltou na receita do almoço, por causa dos buracos que passa no trajeto.

O que os problemas de dona Maria e de Pedro tem em comum?

Ambos deveriam ser resolvidos pela gestão local das subprefeituras, os famosos serviços de tapa-buracos e poda de árvores são apenas exemplos dos serviços que a zeladoria municipal sob gestão das 32 subprefeituras deveriam executar de forma preventiva.

Esta gestão local nasceu com o objetivo de estar mais próxima dos bairros, das populações regionais e de conseguir planejar e executar ações de forma a olhar para as características únicas das regiões da cidade.

Hoje as subprefeituras são peças chaves no desenvolvimento local pois auxiliam a priorizar investimentos e decidem as atividades da prefeitura que impactam no dia-a-dia dos bairros, mas ainda possuem uma dependência das ordens que recebem da prefeitura de São Paulo.

Esta lógica ainda é aplicada por quê os subprefeitos são escolhidos diretamente pelo prefeito e tendem a querer manter os seus postos a se indispor com o ocupante do edifício matarazzo (Sede da prefeitura de São Paulo).

Nesta lógica em que os subprefeitos precisam ficar com um olho na sé e o outro nos bairros, quem perde é o cidadão, porque nenhuma política local será aplicada se ela for contra a vontade da Sé.

Cobrar uma subprefeitura independente, ou como propomos, coprefeituras escolhidas pela população local, que possuam autonomia para planejar e executar ações focadas em suas próprias realidades,  vá ao encontro de uma necessidade latente de uma maior participação da da sociedade nas decisões do Estado.

Esta visão descentralizada de poder permite ao Estado se aproximar das pessoas e estas tomadas de decisões com autonomia locais, são ideais por mais incrível que pareça revolucionárias para nossa realidade brasileira, onde estamos acostumados a canetadas e pouco debate em todas as esferas do Estado.

Implementar este caminho é uma ação que permitirá nutrirmos um vínculo esquecido por vários partidos e políticos de que é nos bairros em que a vida acontece, onde a população cria sua história e somente com ela é que podemos encontrar as melhores soluções para as realidades tão diversas de São Paulo.

Menos Sé + Bairros.

Jair Ferro, 29 anos, é gay e administrador. Trabalha com educação básica há 5 anos, é entusiasta do diálogo, da participação ativa na política e de que as pessoas ocupem seus espaços de representatividade.

mais lidas