Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Saúde

Estado de SP começa nesta quinta aplicação da dose de reforço da vacina contra Covid-19 em adultos

Publicado

em

Estado de SP começa nesta quinta aplicação da dose de reforço da vacina contra Covid-19 em adultos

O governo de São Paulo começará a aplicar a partir desta quinta-feira (18) a dose de reforço da vacina contra a Covid-19 em adultos. É preciso de um intervalo de cinco meses após o esquema vacinal completo (duas doses).

O estado seguirá a orientação dada pelo Ministério da Saúde, que ampliou o público que deve receber a dose adicional para todas as pessoas maiores de 18 anos. Antes, a indicação valia apenas para idosos, imunossuprimidos e profissionais de saúde. O governo federal também antecipou o intervalo de aplicação de seis para cinco meses.

“Com a mudança, 710 mil pessoas em todo o estado de São Paulo vão poder tomar a dose adicional da vacina contra a Covid-19”, afirmou o governador João Doria (PSDB) na quarta-feira.

A coordenadora do Programa Estadual de Imunização, Regiane de Paula, alerta que 6 milhões de pessoas que já estão aptas para receber a dose de reforço estão com a vacinação atrasada no estado.

Entre as capitais que já anunciaram a dose de reforço para maiores de 18 anos estão Belo Horizonte, Goiânia, Maceió, Palmas, Salvador e São Luís.

Segundo dados do Vacinômetro atualizados até as 13h desta quarta (17), foram aplicadas 75,1 milhões de doses no estado, sendo 37,8 milhões de primeira dose; 32,5 milhões de segunda dose; 1,1 milhão de vacinas de dose única; e 3,6 milhões de doses de reforço. O equivalente a:

  • 100% da população adulta com uma dose
  • 91,6% da população adulta com esquema vacinal completo
  • 84,2% da população total com uma dose
  • 72,8% da população total com esquema vacinal completo

 

Calendário na cidade de SP

 

A capital paulista também anunciou como será a aplicação da dose de reforço. Diferente da orientação geral do estado, a cidade vai seguir esquema escalonado:

  • A partir desta quinta (18): adultos com 18 anos ou mais que tomaram a segunda dose da vacina até o dia 27 de abril poderão receber a imunização complementar
  • A partir desta sexta (19), serão vacinados com o reforço aqueles que tomaram a D2 até o dia 17 de junho

 

Nesta quinta, também começam a receber o reforço os professores com mais de 40 anos e profissionais de saúde que tomaram a segunda dose há cinco 5 meses.

Segundo o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, a cidade têm disponível doses da Pfizer para iniciar a vacinação desses grupos.

Ainda de acordo com o secretário, a capital está perto de atingir 100% da população adulta com a vacinação completa.

“Nós já chegamos a 98% da população adulta com a segunda dose na capital. E agora também a redução para 21 dias dos adolescentes com mais de 12 anos, nós vamos, seguramente, alcançar nos próximos 15/20 dias a vacinação total dos adolescentes com mais de 12 com a 2ª dose da vacina.”

Ministério da Saúde

A recomendação do Ministério da Saúde é para que os postos de saúde combinem diferentes tecnologias de vacina, ou seja, usem vacinas diferentes das que foram aplicadas anteriormente.

No Brasil, quatro já foram aprovadas e incorporadas ao Plano Nacional de Imunização (PNI). São elas: AstraZeneca (vetor viral), CoronaVac (vírus inativado), Janssen (vetor viral) e Pfizer (RNA).

As quatro também já tiveram o uso emergencial concedido pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

O governo federal também anunciou que, após dois meses da primeira dose, vacinados com Janssen já poderão tomar outra aplicação da mesma vacina.

O estado de São Paulo aguarda envio de doses para definir como vai seguir novas diretrizes para o imunizante.

.

.

.

.

G1

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mais lidas