Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Mundo

Entenda como é a operação de resgate do menino Rayan em poço no Marrocos

Publicado

em

Governo enviou 300 servidores para ajudar em buscas no Amazonas

Rayan, de 5 anos, caiu em um buraco de 32 metros de profundidade, o equivalente a um prédio de 10 andares. O acidente foi na terça (1º) e o resgate oficial começou na quarta (2).

Os socorristas marroquinos trabalham há quatro dias para salvar o pequeno Rayan, de 5 anos, que caiu em um poço de 32 metros de profundidade, o equivalente a um prédio de 10 andares, em uma região montanhosa na província de Chefchaouen, no norte do país.

A queda foi na terça-feira (1º), mas o trabalho de resgate começou oficialmente na quarta-feira (2). A operação mobiliza o Marrocos e deixa a população aflita. O pais do menino e centenas de moradores da região se juntaram às equipe esperando pelo fim do resgate.

Imagem do menino dentro do poço no Marrocos há quatro dias — Foto: Reprodução

Imagem do menino dentro do poço no Marrocos há quatro dias — Foto: Reprodução

Veja abaixo como é a operação de resgate:

 

  • Na quarta, as autoridades enviaram retroescavadeiras para o local. As equipes começaram cavando um buraco paralelo ao poço até a profundidade em que o menino está. Toda a operação foi realizada de maneira cautelosa porque o solo é frágil e havia riscos de deslizamentos e quedas de rochas;
  • No mesmo dia, o menino passou a receber suprimentos de oxigênio, água e comida por uma corda, segundo a agência Associated Press. Uma câmera também foi enviada para monitorar a criança;
  • A agência de notícias MAP do Marrocos informou que especialistas em engenharia topográfica foram chamados para ajudar;
  • Na quinta-feira (3), os socorristas cavaram durante todo o dia para chegar até a profundidade onde está Rayan. Equipes médicas, uma ambulância e um helicóptero foram enviados para o local. À noite, as equipes chegaram a 22 metros de profundidade mas o trabalho foi dificultado por risco de colapso do terreno;
  • Na sexta-feira (4), os resgatistas alcançaram a profundidade de 32 metros e começaram a cavar horizontalmente para chegar até o menino. Foram usadas tubulações de aço para formar um túnel de acesso e proteger as equipes de socorro;
  • A partir daí, as máquinas foram retiradas e começou a escavação manual, com o uso de pás e picaretas;
  • A manhã de sábado (5), quarto dia de resgate, começou com as autoridades informando que estavam a poucos metros de alcançar Rayan e que o estágio final da operação era o mais perigoso, por conta dos riscos de deslizamento da terra;
  • Por volta das 13h (hora de Brasília), a imprensa marroquina informou que o comitê que supervisiona o resgate atualizou o estado de saúde do menino. Segundo eles, Rayan estava vivo e ainda recebendo suprimento de oxigênio. Ainda segundo a imprensa, o menino teria alguns ferimentos o que torna delicada a retirada dele do local.

.

 

.

 

.

 

G1

mais lidas