Cidades Destaque Principal

Doria nega flexibilização da quarentena para região do ABC

Redação
Escrito por Redação

Alegando falta de capacidade hospitalar, secretário Marco Vinholi anunciou que todas as cidades da Região Metropolitana seguem sem mudança de fase

Foi realizada, na sexta-feira (29), mais uma coletiva de imprensa com a presença do governador João Doria (PSDB), ao lado de secretários, para anunciar projetos do combate ao novo coronavírus (Sars-coV-2), causador da Covid-19 .

Durante o encontro com jornalistas, o secretário de Desenvolvimento Social, Marco Vinholi , falou sobre a Região Metropolitana de São Paulo, explicando o motivo de a capital entrar em modo de flexibilização da quarentena em junho enquanto nenhuma das 38 cidades da região poderão fazer o mesmo.

“Dialogamos com cada um dos prefeitos dos cinco consórcios e explicamos a necessidade de aumento da capacidade hospitalar dessas regiões. Por tanto, não existe nenhuma alteração imediata de fase para nenhuma das Regiões Metropolitanas de São Paulo”, declarou.

“Além disso, fica muito claro que o trabalho em conjunto é fundamental para aumentar o número de leitos, para que possamos assim fazer uma retomada consciente e em segurança”, completou Vinholi.

Na última quinta-feira (28), prefeitos das sete cidades do ABC fizeram uma proposta ao governo do Estado para que a Região Metropolitana de São Paulo seja dividida em seis microrregiões no processo de flexibilização.

A intenção dos mesmos era que o ABC passasse para o mesmo grau de flexibilização da capital, permitindo a reabertura de comércio e shopping.

Com a negativa do gabinete de Doria, a assembleia extraordinária do Consórcio ABC tem uma reunião marcada, para às 15h00 desta sexta-feira (29), para debater soluções seguras para suas regiões em meio à reabertura gradual da capital.

Sobre o autor

Redação

Redação

%d blogueiros gostam disto: