Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Diário do Peixe – Análise: proposta de jogo, expulsão e Aylon levam Santos a tropeço no Sul

Publicado

em

Diário do Peixe - Análise: proposta de jogo, expulsão e Aylon levam Santos a tropeço no Sul

Time de Dorival Júnior não oferecia perigo até aproveitar um vacilo do Internacional. Depois de sofrer empate, viu missão ficar ainda mais difícil ao perder Lucas Lima

Jogadores e membros da comissão técnica do Santos reclamaram muito na derrota de virada para o Internacional, nesta quinta-feira. De fato, a expulsão de Lucas Lima por cera no primeiro tempo foi rigorosa – principalmente pelo segundo cartão amarelo, aplicado em função de o meia ter deixado a cobrança de um escanteio para um companheiro – e prejudicou o time.

Não é possível afirmar, porém, que o Santos venceria a partida se tivesse terminado com 11 jogadores. Até porque o cartão vermelho foi mostrado pouco depois de a equipe gaúcha ter buscado o empate. E também porque o gol marcado por Ricardo Oliveira, fruto de um passe errado da defesa colorada, tinha sido a única chance dos visitantes na primeira etapa.

Por orientação ou não do técnico Dorival Júnior, o Santos esperava o Internacional na defesa e via seu ataque muito distante do meio-campo. Assim, as principais oportunidades até o intervalo foram gaúchas, ainda que o goleiro Vanderlei não tenha sido obrigado a fazer nenhuma grande intervenção – e, no gol de empate, tenha sido vazado por conta de um desvio na zaga.

Expulsão de Lucas Lima forçou Dorival Júnior a recuar as linhas ofensivas (Foto: GloboEsporte.com)

Expulsão de Lucas Lima forçou Dorival Júnior a recuar as linhas (Foto: GloboEsporte.com)

No final, técnico abriu mão de um lateral para pôr outro atacante (Foto: GloboEsporte.com)

No final, técnico abriu mão de um lateral para pôr outro atacante (Foto: GloboEsporte.com)

Quando Lucas Lima foi expulso, além de se indignar à beira do campo, Dorival segurou ainda mais Léo Cittadini e recuou as últimas linhas ofensivas. Nesse esquema, foi possível suportar até os 16 minutos da segunda etapa, momento em que Aylon, quase em cima da linha, aproveitou rebote de Vanderlei e usou o peito para colocar a bola no fundo da rede.

Santos criou apenas uma chance real de gol, enquanto o time gaúcho finalizou 20 vezes. Talvez pudesse ter atacado mais desde o início

Sem mais nada a perder, o Santos foi para cima. Léo Cittadini e Vitor Bueno deixaram o campo para as entradas de Jean Mota e Walterson, respectivamente. Mais tarde, Rodrigão entrou no lugar do lateral Victor Ferraz e assustou com um bom cabeceio. Mas a noite era rival. Era de Aylon, que, além de ter feito o segundo gol adversário, salvou uma bola – também em cima da linha – aos 44 minutos.

A terceira derrota seguida afasta o time até mesmo do G-4 do Campeonato Brasileiro. Em busca da reação, Dorival não terá três jogadores no domingo, contra o Corinthians: Victor Ferraz e Ricardo Oliveira receberam o terceiro cartão amarelo, e Lucas Lima cumprirá suspensão na Vila Belmiro devido à polêmica expulsão

mais lidas