Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Mundo

Biden critica censura de orientação sexual nas escolas da Flórida

Publicado

em

Biden critica censura de orientação sexual nas escolas da Flórida

Projeto proíbe professores de falar sobre o tema

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, criticou projeto de lei que visa proibir os professores de falar sobre orientação sexual nas escolas do estado da Flórida e prometeu proteger crianças da comunidade LGBTQI+Biden critica censura de orientação sexual nas escolas da FlóridaBiden critica censura de orientação sexual nas escolas da Flórida

“Quero que todos os membros da comunidade LGBTQI+, especialmente as crianças que serão afetadas por essa lei odiosa, saibam que são amados e aceites como são”, disse Biden.

Em mensagem publicada nessa terça-feira (8) no Twitter, o chefe de Estado norte-americano assegurou que o governo “continuará a lutar pela proteção e segurança” da comunidade LGBTQI+.

O projeto de lei é conhecido como “Don’t say gay” (Não diga gay), porque poderá proibir discussões sobre identidade de género e orientação sexual nas escolas primárias da Flórida, no sudeste do país.

A iniciativa, promovida por republicanos – que consideram os temas de orientação sexual inadequados “à idade ou ao desenvolvimento dos alunos” – e é criticada pela comunidade LGBTQI+, foi aprovada pela Comissão de Educação do Senado da Flórida.

Se o projeto for aprovado, os pais poderão iniciar ações judiciais contra distritos escolares onde professores falem sobre identidade de género e orientação sexual e pedir indenização por danos.

A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, afirmou ontem, na entrevista diária, que a iniciativa é  “legislação desenhada tendo como alvo de ataque as crianças” da comunidade LGBTQI+.

Ela disse que não se trata de um evento isolado: “Em todo o país, estamos vendo os republicanos regulando o que os alunos podem ler, aprender e, ainda mais preocupante, o que podem ser”.

O projeto conta com o apoio do governador da Flórida, o republicano Ron DeSantis, que, na segunda-feira disse (7) ser “totalmente inadequado” que os professores conversem com os alunos sobre identidade de gênero e orientação sexual.

“As escolas devem ensinar as crianças a ler e escrever”, disse o político.

.

.

.

RTP

mais lidas