Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Após classificar Palmeiras, Felipão “veta” São Paulo em coletiva, mas cobra churrasco de Aguirre

Publicado

em

Após classificar Palmeiras, Felipão "veta" São Paulo em coletiva, mas cobra churrasco de Aguirre

Mesmo depois de garantir classificação à semifinal da Libertadores com vitória sobre Colo-Colo, técnico evita falar sobre confronto direto de sábado pelo Brasileirão

Foi curiosa a entrevista coletiva de Luiz Felipe Scolari ao final da vitória por 2 a 0 sobre o Colo-Colo, nesta quarta-feira, que garantiu a classificação do Palmeiras à semifinal da Libertadores.

Antes de ouvir perguntas, o técnico avisou em tom bem humorado que não falaria sobre o clássico de sábado, contra o São Paulo, no Morumbi, que vale a liderança do Campeonato Brasileiro.

– Falo do jogo de hoje. Sábado, do clássico, só posso falar que terei a maior alegria em encontrar o Diego Aguirre. Espero que ele, já no sábado, me convide para o churrasco que eu paguei em Porto Alegre e ele não me devolveu. Só isso do São Paulo, tá legal? – brincou.

O gaúcho e o uruguaio, segundo Felipão, eram muito próximos quando dirigiam Grêmio e Internacional, respectivamente, em 2015. Três anos depois, são novamente rivais. E agora vizinhos de muro.

– Eu sou amigo do peito do Aguirre. Em Porto Alegre, duas vezes, antes dos Grenais, jantávamos juntos, íamos a uma churrascaria, conversando. Resultado é outra coisa, dentro de campo. Fora de campo é amizade de alguém que eu conheci no Brasil, e que me tratou de uma forma muito respeitosa – explicou o treinador do Palmeiras.

– A única coisa que eu quero, porque ele treina ali do meu lado, já tentei subir o muro para gritar bobagem para ele, mas não dá, subiram mais três metros de muro… Encontrar o Aguirre é sempre bom, o resultado do jogo é outra coisa. Eles que se virem lá dentro de campo, eu fora. Só lembrar do tempo de Porto Alegre seria ótimo.

O Palmeiras tomou do São Paulo a liderança do Campeonato Brasileiro no último fim de semana. A equipe de Felipão tem os mesmos 53 pontos do antigo clube de Aguirre (o Internacional, que está atrás pelo saldo de gols) e um ponto a mais do que o atual clube do amigo uruguaio.

Outros trechos da entrevista:

Parabéns aos colegas
“Em primeiro lugar, queria parabenizar ao Atlético-PR e ao Tiago Nunes, o Grêmio e o Renatão, o Bahia do Enderson Moreira pelas classificações. É bom lembrar e ser lembrado.”

Vitória sobre o Colo-Colo
“Mérito de uma equipe. Hoje, no momento em que soubemos e idealizamos o time do Colo-Colo, tivemos de fazer algumas modificações estruturais dessa equipe. Tivemos a participação de dois ou três jogadores de forma diferente da que jogam, mas dedicando à equipe. Conseguimos a vitória. São 27, 28 jogadores trabalhando sério e tentando conseguir aqueles resultados que nos levem a um possível título.”

Mais sobre outros técnicos
“É sempre bom lembrar. Ninguém fala que outros técnicos estão fazendo bom trabalho. Podemos ser unidos, trabalhar bem nos nossos clubes e ter um grupo sem aquela possibilidade de inveja um do outro, qualquer coisa. E o Renato, que… Espero encontrá-lo na final. Tomara que seja assim. Que a gente passe, e o Grêmio passe também.”

Dudu
“O Dudu foi meu jogador no Grêmio, na primeira semana que cheguei ele estava chateado, na reserva, o Murtosa colocou ele na linha. O Dudu comigo é esse aí, sempre foi assim. Tivemos que trocar de posição hoje, mas baseado naquilo que conhecíamos dele, baseado naquilo que recebemos hoje da campanha do Palmeiras em 2016. Optamos pelo Dudu nessa posição, e ele mais uma vez foi fundamental. É um jogador que se sente bem comigo, e eu me sinto bem com ele em qualquer posição que a gente dá a ele”.

Cruzeiro x Boca Juniors
“Claro que torço pelo Cruzeiro, amanhã torço pelo Fluminense, claro! Além do nosso país, torcer pelos nossos treinadores e nosso futebol. Não vejo porque não valorizarmos o que é bom, o que é nosso, o que temos possibilidade. É mandar um abraço a eles.”

Thiago Santos
“Ele faz aquilo que sabe fazer bem, tem grande poder de marcação, antecipação, boa bola alta. Quando tu dá a ele uma função, ele desempenha. Não dá para cobrar dele ser armador, hoje ele cumpriu a função muito bem, e por isso a zaga sofreu muito pouco.”

Deyverson
“Tem tomado Maracugina, para ficar calminho. (…) Não foi o Deyverson que deu uma peitada no zagueiro do Cruzeiro. Os árbitros estão interpretando coisas que não existem. Se o Deyverson parou a bola e deu um drible, não foi desrespeito a ninguém. Depois, só porque hoje é bonito falar do Deyverson, não sei o quê. Ele é um grande jogador, tem muita qualidade, comete um ou outro deslize, sim, mas muitas vezes esses deslizes são começados por outros jogadores. Os árbitros têm de ver isso, não só punir o Deyverson porque o cabelinho dele é amarelo ou qualquer coisa.”

mais lidas