Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Dia a Dia

Trabalhadores encerram greve na Avibras e pedem estatização da empresa

Publicado

em

Trabalhadores encerram greve na Avibras e pedem estatização da empresa

Empresa se recusou a cancelar demissões

Trabalhadores da Avibras Indústria Aeroespacial, empresa brasileira fabricante de equipamentos bélicos e de defesa civil, encerraram onrtem(22) greve de 24 horas após conseguirem dois meses de estabilidade no emprego para todos que permanecem na fábrica, além do pagamento do dia de paralisação. A proposta da empresa foi aprovada em assembleia, nesta terça-feira. Trabalhadores encerram greve na Avibras e pedem estatização da empresaTrabalhadores encerram greve na Avibras e pedem estatização da empresa

A greve começou segunda-feira(21) como reação às demissões de 420 trabalhadores ocorridas na sexta-feira (18). Além disso, a empresa entrou com pedido de recuperação judicial.
“Fica um ponto de interrogação na cabeça de todos os trabalhadores, se vão seguir empregados ou não. Foram todos pegos de surpresa e as demissões ocorreram em todos os setores”, disse o presidente do Sindicato Metalúrgicos de São José dos Campos, Weller Gonçalves, no dia da deflagração da greve.

Na negociação com o sindicato, a Avibras se recusou a cancelar as demissões. Por isso, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região, a luta pela volta de todos os trabalhadores continua. Antes da demissão em massa, a fábrica tinha 1,5 mil funcionários.

Os trabalhadores demitidos saíram em passeata, na manhã desta terça-feira, como parte das ações para reverter as 420 demissões.

O sindicato informou que ingressou com uma ação civil pública na Justiça do Trabalho, ontem (21), para reverter as demissões. Na ação, o sindicato solicita com urgência a concessão de uma liminar que suspenda todas as demissões realizadas pela Avibras.

Nesta terça (22), a Justiça deu prazo de 48 horas para que a empresa se manifeste sobre os desligamentos. Após o prazo, o Ministério Público do Trabalho também terá 48 horas para se manifestar, conforme informações do sindicato.

Estatização

O sindicato iniciou uma campanha pela estatização da Avibras e enviou ontem pedido de reunião com os governos federal, estadual e municipal para tratar do assunto.

“Uma empresa como a Avibras, que é estratégica para o país, não pode ficar nas mãos do capital privado. O setor de defesa depende de recursos do governo e os grandes beneficiados são os acionistas. O Governo Federal tem o dever de dar início ao processo de estatização da Avibras”, afirmou o presidente do sindicato, Weller Gonçalves.

.

.

.

.

.

.

.

Agência Brasil

mais lidas